Inspirações para Quartos de Adolescentes

Arquivado em: Decoração

Adolescência é aquela fase que não pode mais ser considerado criança e não pode ser considerado adulto. Me lembro como se fosse ontem ao passar por ela e embora não faça tanto tempo já sinto saudades!

É uma fase de transição, em que, normalmente, costumam usar o quarto como uma espécie de refúgio! Por isso é tão importante transmitir a personalidade do seu dono através da decoração, buscando privacidade e multifuncionalidade a estes ambientes. Quartos de Adolescentes são os principais cômodos nesta fase, por isso veja as dicas de como decorar!

Decoração de Quartos Adolescentes

Adolescentes necessitam de um espaço melhor dividido do que as crianças, pois eles tem inúmeras atividades, faz cursos de línguas, esportes, artes e música e como a rotina está muito ligada a passar longas horas dentro do quarto estudando, precisa ser um espaço funcional também!

Uma dica é: nunca decore o quarto deles sem que estejam presentes! Afinal é onde irão realizar tarefas, receber amigos, descansar…

Decoração de Quartos Adolescentes Decoração de Quartos Adolescentes

O segredo na hora de decorar é ter uma certa habilidade para misturar todos os aspectos da vida do seu usuário de forma que transpareça toda a sua personalidade!

Decoração de Quartos Adolescentes Decoração de Quartos Adolescentes

Decoração de Quartos Adolescentes Preste atenção nestes dois quartos abaixo: um local de estudos e um local para receber amigos/amigas, além de espaço para livros, fotografias e objetos.

Decoração de Quartos Adolescentes Decoração de Quartos Adolescentes

Utilizar cores claras é muito importante, como rosa, branco, salmão, verde, cinza compondo um ambiente harmônico e elegante para qualquer fase! Mas podemos também ousar nas cores, com uma combinação mais clássica ou até mais ousada, escolhendo, por exemplo, apenas uma parede ou um cantinho para destacar! Uma dica é usar uma parede de lousa, pois dá a liberdade de mudança, que todo adolescente adora, além de ser muito linda!

Decoração de Quartos Adolescentes

Quanto a mobília, substitua o mobiliário infantil, mas não precisa utilizar, também, peças assinadas, pois adolescentes tendem a mudar muito rápido de opinião, ou seja, ele pode se cansar rápido da decoração e querer trocar!

Você pode usar alguns de forma diferente, como por exemplo, no lugar de um criado mudo, opte por uma mesa lateral que contorna a cama, economizando espaço e trazendo um detalhe diferente ao quarto. Além disso, podemos utilizar, poltronas, quadro, posters, vasos, nichos, prateleiras permitindo assim a troca de decorações com objetos.

Decoração de Quartos Adolescentes

Para personalizar, ainda mais o ambiente, utilize fotos em quadros, painéis com imagens temáticas, grafites em paredes, adesivos, papéis de parede e murais de foto para compor a decoração do quarto.

Como estamos na era digital, não se esqueça de permitir o uso de televisão, DVD’s, vídeo-games, aparelhos de som e computadores para complementar e estimular o jovem a passar mais tempo em casa!

Decoração de Quartos Adolescentes

Invista em espelhos para ampliar e deixar o ambiente mais jovem e moderno. Só tome cuidado para não exagerar e deixar o quarto confuso!

Espero que vocês tenham gostado das inspirações e dicas para quartos de adolescentes! :)

Acompanhe o blog nas redes sociais seguindo:
Pinterest  Twitter ❤ Facebook ❤ Instagram ❤ Youtube ❤ Bloglovin ❤ Snapchat: bruna_dalcin

2016: como realizar as metas na prática?

Arquivado em: Organização

Um novo ano é sempre um recomeço, uma nova oportunidade de conquistar aquilo que ainda não conquistamos através de metas. Agora que você já leram os posts anteriores sobre como organizar a casa pra 2016 e como se livrar das dívidas e ter um ano financeiro melhor planejado, é hora de nos organizar pra alcançar nossas metas!

Todos nós temos sonhos e objetivos, e quando paramos para imaginar como vai ser o próximo ano, com certeza, imaginamos muitos deles se realizando.

Planejando e cumprindo metas em 2016

(via)

Bom, daí você releu a listinha de metas do ano passado e fez a lista de metas para 2016. Mas, e agora? Muitas vezes nos perguntamos se vamos conseguir realizar todos os nosso objetivos, até aqueles sonhos mais difíceis. Com muita força de vontade e algumas dicas, com certeza será possível. ;)

O primeiro passo você já deu: escrever as suas metas. Apesar de estarmos na era digital e existirem muitos aplicativos para nos ajudar nessa tarefa, é interessante escrever no papel. Talvez deixar em um lugar que você está sempre olhando. Isso vai te motivar a não desistir.

Agora é a hora de pegar cada uma dessas metas e pensar em passos detalhados que te levarão a concluí-las. Escreva esses passos. E então, é preciso estar totalmente comprometido com essa meta. Por exemplo, se o seu objetivo é aprender um novo idioma, você vai precisar estudar. Isso vai levar um tempo, algumas horas do dia (ou da noite rs), e por isso, exige comprometimento. Nada de desistir no meio do caminho!

Planejando e cumprindo metas em 2016

(via)

Daí, estipule uma data para cumprir cada uma dessas metas. De preferência, deixe um bom espaço entre elas pra que você possa ter tempo de se planejar bem para cada uma.

É importante acompanhar constantemente esse progresso. Se os passos estão sendo cumpridos, se está atrasado ou adiantado etc. Isso vai ajudar no planejamento.

Pense sempre em metas de curto, médio e longo prazo. Muitas vezes, elas estão relacionadas. Por exemplo, se você quer fazer uma viagem internacional daqui a dois anos, tenha uma base dos custos que você terá com essa viagem. Com isso, é possível saber qual o valor você vai precisar guardar por mês. Estipule um valor para colocar na poupança até o final desse ano. Assim, quando estiver mais perto da data da viagem, essa será uma preocupação a menos.

Seja realista. É normal (e muito saudável) sonhar em conquistar coisas grandes. Mas, é preciso analisar a situação e pensar em quanto tempo você vai precisar pra realizar esse sonho :)

Mas, o mais importante é ser flexível. Se você estipulou uma data e não conseguiu cumprir, não se preocupe e nem se desespere. Planeje novamente, pense em novas datas, pense onde você errou e procure ajeitar esses pequenos errinhos.

Com certeza, todas as metas para 2016 serão realizadas e por fim você vai ter muito orgulho de ter conquistado tudo que queria.

Esse foi o quarto post da série 2016: o ano da organização que estou fazendo aqui no blog!

Confira os anteriores:

Acompanhe o blog nas redes sociais seguindo:
Pinterest  Twitter ❤ Facebook ❤ Instagram ❤ Youtube ❤ Bloglovin ❤ Snapchat: bruna_dalcin

Se livrando das dívidas e planejando as finanças em 2016

Arquivado em: Finanças, Organização

Começo de ano, geralmente é sinônimo de dívidas! Mesmo que os presentes de Natal já tenham sido pagos, agora é hora de pensar no IPVA, IPTU, material escolar etc. Mas cadê o dinheiro do 13º e férias? Aposto que foram gastos nas festas de fim de ano, não é mesmo? :D

Com tudo isso, será que ainda é possível administrar tudo e sair ileso dessas dívidas?

Com um certo planejamento, é possível sim!

Dicas de finanças pessoais para 2016

(via)

As primeiras contas que vem à mente são IPVA, IPTU e material escolar (para as mamães de plantão). Para todas essas contas, existe a opção de parcelamento. Mas, se existe a possibilidade de pagar à vista, é interessante fazer as contas e ver se vale a pena. Geralmente, o desconto não é tão grande, mas qualquer dinheiro a mais é bom né? Além disso, a chance de esquecer de pagar alguma parcela é grande. Pagar à vista evita essa dor de cabeça! :)

Dicas de finanças pessoais para 2016

(via)

Porém, se for preciso escolher algumas contas para parcelar e outras para pagar à vista, é hora de fazer algumas continhas. Por exemplo, o material escolar geralmente é parcelado no cartão de crédito (sem juros). Mas, se a situação apertar e não for possível pagar o valor total da fatura, começa a gerar um juros bem alto. Por isso, é melhor parcelar sempre o que tiver juros menor. Ou seja, neste caso o melhor a parcelar seriam as contas como IPTU e IPVA já que os juros não são tão altos!

É importante pensar no valor da renda atual que já está comprometido. Com o valor que sobrar, vá fazendo as contas para ver o que realmente se encaixa.

No caso de divídas de final de ano (presentes de Natal, viagens etc.), talvez seja uma boa ideia pensar em usar o dinheiro da poupança. Se o juros for maior do que o rendimento da poupança, vale a pena sim. :)

Mas, o mais importante mesmo, é se organizar durante o ano todo para que o próximo início de ano seja mais tranquilo. Ir deixando uma reserva na poupança, reservar parte do décimo terceiro, fazer uma viagem que gaste menos e assim por diante.

Com um pouquinho de planejamento é possível deixar o aperto de lado e se livrar das dívidas! :)

Esse é o terceiro post da série 2016: o ano da organização que estou fazendo aqui no blog. Espero que vocês estejam gostando!

Confira os anteriores:

Acompanhe o blog nas redes sociais seguindo:
Pinterest  Twitter ❤ Facebook ❤ Instagram ❤ Youtube ❤ Bloglovin ❤ Snapchat: bruna_dalcin