16  07
2015
Burocracia | Vídeos

Cobrança indevida | Apartamento na planta

Cobrança indevida | Apartamento na planta

Hoje trago uma dica sobre apartamento na planta e conto sobre uma cobrança indevida que descobri na hora de receber o apê. É minha gente, olho aberto porque o negócio é sério!

Este problema aconteceu quando fomos pagar a parcela das chaves, e se não fosse a organização e a atenção teríamos pago um valor altíssimo desnecessário pra construtora.

Clica aí no play pra conferir a história toda!

Para mais posts como este, visite a categoria burocracia aqui no blog.

 Se inscreva no canal para assistir aos vídeos novos toda quarta e domingo às 20h00.

49 comentários
Deixe um comentário pra mim!

  1. Stephanie Goulart
    16.julho.2015

    Oi Bruna vídeo muito bom e bem explicativo, mas surgiu uma duvida você acha melhor comprar um imóvel financiado pelo banco ou direto com a construtora você pode falar sobre a vantagem e desvantagem de cada um.
    Bjssss adoro seus vídeos!!!!

    • 17.julho.2015

      Aí já não sei Stephanie, pois nunca passei pela experiência de comprar diretamente com o banco… :\

  2. 16.julho.2015

    To até com medo dessas cobranças viu ): Quem não tá ligado e não entende muito bem, cai super nessas coisas! Desnecessário fazer isso né, poxa! http://simsemfrescura.blogspot.com.br/

  3. Desirrée
    16.julho.2015

    Que post suuuuuper útil Brunaa! Comprei meu apê há três meses, também na planta e assim como você, diretamente com a construtora. Vou começar desde já a pedir os extratos do meu saldo devedor para a construtora!
    Muito obrigada!!!! Beijos.
    Vc é ótimaa!

  4. Letícia
    16.julho.2015

    Dps desse trabalho todo eu teria questionado diretamente na justiça especial pedindo a devolução do valor cobrado indevidamente em dobro. Isso sim! E com certeza vc ganharia ;)

    • 17.julho.2015

      Até pensei nisso, mas no momento eu só queria me livrar do problema e receber logo as chaves que já estavam atrasadas, não tinha mais tempo nem paciência pra esperar não!

  5. Paula
    16.julho.2015

    Oi Bruna, acompanho sempre seu blog e acho muito legal!! Varias dicas pro meu apê eu pego aqui com você rs mas estou com uma dúvida, o meu apê já Ta pronto e tudo, mas acontece que ainda não entregaram as chaves e já estou pagando o condomínio, isso pode? Ou é uma cobrança indevida, já que não estou com as chaves?
    Obrigada e sucesso!!!! Bjs

    • 17.julho.2015

      Oi Paula se a obra já terminou, já foi emitido o habite-se, o condomínio começa a ser cobrado sim, mesmo que o seu financiamento não tenha saído, afinal na lógica o condomínio não tem culpa que o financiamento não foi aprovado… condomínio é uma empresa e precisa de “combustível $$” pra funcionar!

      • Jéssica
        11.novembro.2015

        Bruna,
        No meu caso ocorre o seguinte: ainda não tem o habite-se do apartamento e não foiefetuada a entrega da chave pois o dinheiro do consórcio ainda não foi entregue para a construtora, então eles falaram que não irão emitir o habite-se até o dinheiro sair.
        É correto pagar o condomínio?

  6. suzane
    16.julho.2015

    Oi, você poderia fazer uma resenha do seu ar condicionado, hein

  7. Bianca
    16.julho.2015

    Oi Bruna! Você sabe me dizer se a taxa do INCC também influencia nas anuais?

    • 17.julho.2015

      Sim Bianca… a não ser que no seu contrato tenha sido estipulado que elas não seriam corrigidas, o que acho muito difícil. Mas veja o contrato na parte do reajuste que estará lá!

  8. Mayara Menezes
    16.julho.2015

    Nossa Bruna, adorei esse vídeo. Eu não sou muito de fazer comentários nas coisas que eu leio ou assisto, mas fiz questão de comentar este, pois isso é muito importante. Nos atentar a ficar atentos kk. É muito fácil cobranças indevidas ocorrerem por não prestarmos atenção e “não sabermos do que estamos falando”, como você disse. Gosto muito do seu blog. Já li todos os posts rs. Obrigada pelo carinho e compartilhar com a gente essas situações.

  9. Marcela
    16.julho.2015

    Oi Bruna, eu acompanho o seu blog já faz um tempo mas nunca comentei. Adoro as dicas.

    Queria te fazer uma pergunta, eu vi esse seu post e pedi para a construtora o saldo devedor, e para a surpresa do meu irmão, não aparece os valores que ele deu no inicio da compra. O valor de R$ 18mil foi considerado como comissão e não como estrada. Isso é normal? Ele estava ciente apenas de 5mil, que era para a corretora que atendeu ele.

    Obrigadaa…

    Bjos,
    Parabéns pelo blog

    • 17.julho.2015

      Oi Marcela, pois é as construtoras fazem e isso e é errado, valor de corretagem não pode ser cobrado pra quem compra imóvel, somente para quem vende!

  10. Joice
    16.julho.2015

    Bruna, primeiramente quero te agradecer pelas dicas.. você é demais!!!!

    Vou receber minhas chaves esse mês e estou a procura de forno elétrico. Tentei procurar um e-mail para te mandar essa pergunta, mas você disse que era para deixar a questão no post do dia né…

    Afinal, qual forno você escolheu? o Elétrico ou a gás?? Você está satisfeita? Por favor me responde… você deve entender a cabeça de uma noiva reformando um apê.. esta a mil!!!!!

    Obrigada!!!

    • 17.julho.2015

      O meu é elétrico da Brastemp, ele é bem rápido, mais rápido que a gás porém não me atentei na época que o gás seria embutido e rateado no condomínio, teria sido melhor comprar o modelo a gás pra economizar na conta!

  11. ingrid freitas
    16.julho.2015

    Oi bru, tenho acompanhado o seu blog e o seu canal.. E estou fechando a compra de um imóvel em Diadema-SP, E esse imóvel ficara pronto em maio de 2016.. Falta pouco rsrs.. Nesse caso tenho umas parcelas a serem paga em um valor estimulado pela Tecnisa, e quando ficar pronto o imóvel eu irei fechar o financiamento, e enquanto isso só tenho a aprovação do credito com o banco, mais me passaram que o credito só é de fato liberado para o financiamento quando terminar a obra. Nesse caso, isso procede? corro algum risco grave? E Como o vídeo e as perguntas aqui no blog respondidas foram de um tempinho atras.. eu queria saber como funcionaria o INCC no meu caso!!

    BEIJOSSS E SUCESSO!! hahaha

    • 17.julho.2015

      Oi Ingrid, geralmente é assim mesmo, o crédito só é liberado quando a obra termina, pois a prefeitura emite o habite-se!

  12. sandro luis
    16.julho.2015

    realmente isso aconte com frequencia e vc fez o correto, eu cai numa armadilha da caixa economica na epoca, onde me obrigaram a abrir uma conta corrente para eu obtero financiamento do meu imovel , na epoca aceitei , paguei uma ano de cesta de serviços, uns 24 reais por mes, e nao contente com isso, fui atras da verdade e um proprio erente do banco me disse que realmente nao seria necessario ter conta corrente, e sim somente receberia um boleto normal,sem falar que me obrigaram a comprarm um titulo de capitalizaçao de mil reais, e esse dinheiro eu so poderia recuperar 3 anos depois … isso é venda casada e é fora da lei.

    • Letícia
      18.julho.2015

      É do entrar na justiça q vc ganha! Existem milhões de jurisprudências sobre isso! :)

  13. Géssica
    17.julho.2015

    Olá bom dia Bruna, quando você comprou seu ap você teve que pagar parte da documentação na hora? Comprei o meu no final do ano passado na planta tbm e tive que pagar a documentação tudo registrado em cartório e depois que eles entregarem o ap terei que paga outra vez para fazer a documentação do apartamento .
    Desde já agradeço.
    Adoro o seu blog, parabéns.
    Grande beijo!

  14. Ludmila
    17.julho.2015

    Bom dia Bruna,

    Acredita que fui olhar meu extrato e acho que também fizeram isso comigo! Ainda estou pagando, mas acho que o parcelamento + INCC está incorreto.

    Qual site você conseguiu os valores dos índices?

    Beijos e super obrigada pelos alertas!

  15. Larissa Kafka
    17.julho.2015

    Bom dia Bruna !

    Tudo bem?
    Uma amiga indicou seu Blog, e estou amando! Estou noiva e prestes a comprar um AP na planta! Adorei suas dicas e estou viciada no seu Blog! Parabens!!!
    Tenha uma dúvida, quantos metros tem seu AP? (Vou querer copiar muitas coisinhas de decoração!) rsrsrs..
    Beijosss

  16. Daniele Brandi
    17.julho.2015

    Bruna, tudo bem?
    Baseada nesse seu post, fui atrás do meu extrato da obra e fiquei com algumas dúvidas para fazer o cálculo correto. Eu puxei a tabela do INCC e com o extrato na mão estou calculando as parcelas. Tirei dúvidas com o menino da construtora e ele me disse o seguinte: o INCC é calculado pelo mês anterior ao vencimento. O reajuste é sempre sobre o saldo devedor e rateado nas parcelas. Fiquei sem entender esse rateio… Vc saberia me explicar??
    Obrigada!
    Beijos

    • 17.julho.2015

      Isso mesmo Dani, vc pega o INCC do mês anterior e calcula sobre o mês atual, tanto nas parcelas quanto no salda devedor final também! ;)

  17. Kaa
    17.julho.2015

    Parabéns pela esperteza Bruna e obrigada por divulgar essa dica!

    Se todos nós, consumidores, fomos ligados como vc, empresas corruptas como essa, perderão credibilidade e deixarão de existir e é assim que tem que ser, né?!

    Beijos!

  18. Sabrina
    17.julho.2015

    Adorei a matéria Bruna, me ajudou muuuito ! Eu e meu namorado compramos um apto na planta fim do ano passado e para a gente o incc só aumentava nas parcelas mesmo, não sabíamos que aumentava no montante também. Depois de ver seu post fui verificar o extrato geral e no montante já havia aumentado 8 mil reais!!! Ainda bem que você publicou sobre isso por que iriamos ter um baita surpresa na hora de pagar as chaves! Obrigada pela ajuda :)

  19. 17.julho.2015

    Olá Bruna! Ótima dica! A construtora da minha casa disponibiliza o extrato pela internet, no portal do cliente, atualizado mês a mês. Depois de assistir teu vídeo imprimi meu extrato e conferi… estava tudo certinho! Fiquei muito feliz e tranquila! Parabéns pelo vídeo! Beijos

  20. Andressa
    17.julho.2015

    Olá, não consigo ver vídeos no meu micro, mas fiquei interessada em saber qual foi a cobrança indevida que a construtora estava cobrando já que eu tb comprei mes passado um já para entregar e as taxas são muitas.

  21. Patrícia
    17.julho.2015

    Olá Bruna! Comprei um apto na planta, mais já estou com o financiamento da Caixa. Será que mesmo assim vou ter alguma surpresa?

    • 18.julho.2015

      Acredito que não pois já está direto pela Caixa, mas veja no contrato quais são os índices de reajustes, etc.

  22. Roberta
    18.julho.2015

    Olá Bruna! Mto obrigada pela dica…me surgiu uma dúvida : Qdo comprei meu ape (já estava pronto, não foi na planta) o financiamento demorou um pouco para sair (compramos em fevereiro e assinamos na cef no fim de maio), qdo pegamos a chave tivemos q pagar um valor de “valorização ” do imóvel deste período (fevereiro a maio) sabe se isso procede? Agradeço a atenção e Bjao

    • 19.julho.2015

      Oi Roberta, na verdade acho que não deve ser valor de valorização, é o IGP-M que é o índice que começa a correr sobre os valores devidos quando o habite-se é emitido. Mas isso tem que constar no contrato, viu, se não é indevido sim!

  23. Winnie
    21.julho.2015

    Muito boas as dicas, Bruna!
    Seguro morreu de velho ;)

  24. 24.julho.2015

    Ola, tudo bem?

    Como chama esse extrato? Não sei exatamente o que eu tenho que falar pra pedir eles.

    Obrigada!

  25. Aline
    28.janeiro.2016

    Olá Bruna,
    Estou comprando meu apto na planta também e gostaria de montar uma planilha de gastos, assim como você, para evitar cobranças indevidas. Porém não sei por onde começar! Consegui encontrar o valor do INCC, porém percebi que também há a incidência da correção monetária em cada parcela, certo? Há algum site que você indicaria para baixar planilhas já prontas com o INCC e a correção monetária ou que sugestão você me daria para montar essa planilha?
    Desde já agradeço se puder me responder, ainda que esteja comentando numa postagem antiga.
    Parabéns pelo blog! Tem sido muito útil para mim!
    Aline.

    • 28.janeiro.2016

      Oi Aline, não conheço um site que tenha essa planilha pronta pra baixar, mas no Excel vc consegue fazer com as facilidades que ele tem. Basta vc ir lançando os valores, a porcentagem do INCC ao lado e na célula pedir pra ajustar a porcentagem automática com o valor anterior. Espero ter ajudado! Bjsss

      • Aline
        29.janeiro.2016

        Obrigada pela resposta, Bruna!
        Mas além do INCC tenho que colocar a correção monetária também? Quando fui fazer minha tabela percebi que os valores não batiam, aí cheguei nessa tal correção monetária, que pensei que tivesse que considerar.
        Porque se fosse apenas o INCC, o valor da parcela não aumentaria necessariamente a cada mês, já que o INCC oscila (tem meses que está mais alto, outros mais baixo)… Entende minha dúvida? Minhas parcelas só aumentam! Esses gastos são muito complicados… rsrs
        Beijos e obrigada mais uma vez! :)

        • 29.janeiro.2016

          Oi Aline, as minhas parcelas não tinha correção monetária não viu… O que acontece é que o incc incide sobre o valor que já aumentou na parcela anterior, entendeu? Por isso vai ficando sempre mais alto. Não é sobre o valor da parcela inicial que as pessoas pensam ser fixas. Vira uma “bola de neve” pq por exemplo: foi 500 a primeira, ai na segunda veio o INCC e ficou 515, ai na próxima vc faz o INCC em cima de 515! Pelo menos o meu era assim… mas pode ser que no seu contrato tenha outra taxa embutida, tem que verificar… por isso se tiver um advogado que confie, é só questionar com ele sobre o contrato! Um beijo

        • Aline
          29.janeiro.2016

          Ahhhhh, agora entendi!!!
          Já faz 2 anos e meio que estou pagando as parcelas e só agora, com a sua explicação, que caiu a ficha! Muito brigada pela paciência e pela didática. rs
          Bjs,
          Aline.

  26. Daiani Cris
    11.abril.2016

    Ah Bruna, não entendo muito disso também, aliás, eu não entendo nada.
    Deixa eu te explicar meu caso pra ver se comigo está tudo certo.
    As minhas parcelas diretamente para a construtora são separadas das parcelas do INCC (na verdade, como a crise está afetando demais tudo, então a construtora fez um acordo com os clientes, e vão cobrar apenas 6% ao ano).
    Enfim, mesmo as dívidas sendo separadas, ou seja, vem um boleto pra parcela mensal da construtora e um boleto mensal pra parcela do INCC, você acha necessário eu pedir esse “extrato”?

    beeijos, e obrigada desde já!

  27. Jocibex
    23.julho.2016

    Olá bruna, sua dica foi de super importância. Eu gostaria de saber como você fez os cálculos, pois comprei meu apt na planta, e dei uma entrada muito alta, restando apenas pagar a construtora 16mil, porém todo mês, as parcelas desses 16mil, sobe um valor de 10 à 30 reais… Fora o tal do cub que já paguei uns 8mil… e ouvi dizer que também terei que pagar outro cub no momento da entrega das chaves… Me ajuda a calcular rsrs =D obrigada!

    • 25.julho.2016

      Oi Joci, se estiver em fase de construção e reajustado pelo INCC… vc deve acessar a tabela do INCC-DI e ir multiplicando a porcentagem todo mês sobre o saldo total. ;)