10  01
2017
Casa | Finanças | Vai Casar?

Como dividir as contas da casa | Vida pós-casamento

Lidando com as contas da casa morando juntos

Casamento é um passo muito importante e que muda totalmente a vida de um casal, não concordam? Com o casamento ou a decisão de morar juntos, algumas outras responsabilidades acabam vindo junto. Mas, o problema, é que com a correria dos preparativos, reforma do apartamento (ou casa) e tantos outros afazeres, acabamos não pensando em coisas tão importantes como as contas que virão com o tempo.

Contas da casa | Vida de casada

(via)

Não podemos esquecer de somar às dívidas do casamento, contas do dia a dia que passarão a fazer parte da rotina como, por exemplo, água, luz, mercado etc. É importante pensar em como todas essas contas serão pagas. Senão, esse pode acabar se tornando um problema.

Uma dica legal é colocar no papel (ou em uma planilha) todas as contas mensais dessa nova vida: aluguel ou financiamento do novo lar (que provavelmente já está sendo pago antes do casamento), água, luz, telefone, internet, compras do mês, etc. Em uma outra planilha, coloque todos os gastos com o casamento – festa, lua de mel, fotos etc. – que ainda serão pagos depois do grande dia. Claro que o ideal seria tentar pagar tudo antes, para evitar problemas. Mas, a gente sabe que sempre surge uma coisinha aqui e outra lá!

Nessa planilha geral, o que funciona melhor é fazer anotações mês a mês. As contas da casa que forem parceladas podem ser identificadas verificando qual parcela corresponde a cada mês. Assim, fica mais fácil saber quando uma dívida já está acabando.

Contas da casa | Vida de casados

(via)

Depois, juntos, somem os salários, poupanças e outras fontes de renda. As contas fixas como aluguel, condomínio, água e luz devem ter prioridade. Decidam em conjunto quanto deve ser economizado para pagar todas as contas de cada mês. Como nem sempre os salários são iguais, uma dica interessante é pensar em porcentagens.Por exemplo, pode-se separar 60% do salário de cada um para pagar todas essas contas importantes. O restante pode ser usado individualmente ou ir para uma poupança.

Com essa visão geral de contas, fica mais fácil saber quanto vai sobrar no fim do mês para gastos esporádicos como uma roupa nova, um jantar fora e assim por diante.

Se você e seu namorado/noivo estão pensando em “juntar as escovas de dente”, é melhor se organizarem antes como indivíduos, pois ficará mais fácil adaptar a rotina se vocês sempre foram pessoas organizadas com as suas finanças pessoais. Tenho uma dica maravilhosa para vocês meninas que acompanham o CMA e que irá mudar completamente a forma como poupam dinheiro e investem, sugiro lerem este post que fiz: Como organizar suas finanças antes da vida de casados.

O ideal é tentar curtir a vida a dois ao máximo. No começo, essa questão financeira pode ser bem complicada, principalmente se não foi bem planejada antes do casamento. Mas, com o tempo, tudo se ajeita e a gente acaba aprendendo a lidar com essa divisão (ou união) de bens para pagar todas as contas da casa!

8 comentários
Deixe um comentário pra mim!

  1. Daniella
    10.janeiro.2017

    Nossa esse é um assunto delicado em TEM que ser discutido antes. No meu primeiro relacionamento eu fui muito boba…minha família pagou 100% do casamento, lua de mel e ainda nos deu um apartamento que o ex reformou. A gente então decidiu usar porcentagens para dividir as contas mas, mesmo ganhando menos, os meus 40% das contas era muito para meu salário…fora q entrei com tudo de mais caro! Ficou injusto pra mim e quanto o ex comprava roupas boas etc e só ficava olhando vitrine! Então tenha essa conversa ANTES de casar um juntar minha gente! Outra dica é fazer poupança SEPARADA e um outra conjunta para projetos conjunto (trocar ap, reforma, viagem etc). Casar é ótimo (me encontrei no segundo casamento e sou muito feliz), mas a gente nunca sabe o dia de amanhã!

    • 11.janeiro.2017

      Ótimo relato de experiência Daniella, vai agregar muito ao post!
      Obrigada!
      Bjsss

  2. Luana Mendes Jaques
    10.janeiro.2017

    Oi Bru! Sou sua leitora assídua, AMO o blog! Nosso apê foi entregue em 05/11/16 depois de 6 looongos meses de atraso, essas construtoras são terríveis né? Nos casamos em 22/10/16 já desesperados por não ter onde morar HAHAHAH o bom é que mãe e pai estão aí para ajudar os filhos nessa hora! UFA!! rsrs Agora estamos finalizando a mini reforma, os planejados já foram montados e estamos para nos mudar ainda esse mês!!! Muitas dicas tirei aqui do seu blog, preciso te agradecer por tudo que compartilha conosco… Você foi nossa auxiliadora em muuuuitos momentos! rs Quanto à organização financeira, mais uma coisa que veio daqui do CMA! Peguei o modelinho de planilha que você disponibilizou para download e já faz quase 1 ano e meio que TODOS os nossos gastos são controladinhos por ela. Você não faz ideia do quanto isso foi importante! Meu esposo (ainda não acostumei com a ideia de chamá-lo de esposo rsrs) ficou desempregado por 3 meses no ano passado e nós naquela loucura de pagar casamento + apê… Foi sufoco, mas graças a nossa organização conseguimos manter as contas em dia até ele retornar ao mercado de trabalho!! Enfim, deixa eu encerrar esse mini testemunho (kkkk) por que já me estendi demais… Só queria te agradecer pelas ÓTIMAS dicas de sempre, dizer que admiro muito seu trabalho e te pedir para que continue assim sendo minha BFF / conselheira virtual kkkkkkk Um beijão! Feliz 2017. ♥

    • 11.janeiro.2017

      Ai que emoção, obrigada por me contar isso Luana, vc não faz ideia de como me motiva a seguir em frente compartilhando dicas como essa! <3
      Felicidades na nova etapa da vida de vcs!
      Feliz 2017 tbm!

  3. 11.janeiro.2017

    Realmente, se não se organizar bem financeiramente… a rotina diária e as contas acumulando são uma porta de entrada para crises no relacionamento e brigas intermináveis. Existe até uma frase que é: “Quando o dinheiro sai pela porta, o amor sai pela janela” Calma, não estou dizendo que devemos levar isso ao pé da letra, mas por conta de dividas e falta de dinheiro… acabamos ficando mais estressados e tensos, o que gera brigas e acabam atrapalhando a vida em família. Por isso que digo que planejamento financeiro é fundamental.
    Eu e meu noivo decidimos em Janeiro de 2016 – quando ele pediu em casamento – que moraríamos juntos antes de casar, quer dizer.. antes de fazer a festa. Afinal, casamento é o dia-a-dia e a parceria. Rs.
    Desde então, elaboramos planilhas e nos organizamos para que pudéssemos dar entrada no nosso lindo apartamento e que fizéssemos toda a reforma necessária, compra de moveis e etc… de uma maneira que não começaríamos a nossa vida à dois cheios de dividas e em paralelo ao dinheiro da poupança, também elaboramos a planilha de finanças anual. Acho que fazer um planejamento anual também é muito importante… Nesta planilha.. colocamos todos os pagamentos fixos desde o cartão de crédito, financiamento, condomínio… internet, televisão… e qualquer outra prestação que já existe… e com o passar dos dias, é inserido todos os outros gastos variáveis. E também categorizar os gastos para fazer uma análise do que andamos gastando demais e se temos como economizar aqui ou ali…
    O legal é que o casal sente e faça uma provisão de media de gastos.. quanto gastam de gasolina, de luz, agua, gás, entre outras coisas… (eu coloquei até de forma exagerada na planilha para que pudéssemos ter uma folga financeira) … Meus amigos todos usam a planilha que elaborei para se programarem para um novo ano!!
    Caso alguém queira, Bruna… posso compartilhar minha planilha com você e você compartilha com seus leitores.

    Abraços & Beijos

    • 11.janeiro.2017

      É isso aí, e vocês estão certíssimos. Já começaram com o pé direito! :)
      Bjsss

  4. Patricia
    12.janeiro.2017

    Olá Bruna, primeiramente que dizer que adoro seu blog e canal me ajudam bastante rsrs.
    Acho extremamente importante e necessário o planejamento financeiro na vida de qualquer pessoa, casada ou não.
    Apenas tenho outra opinião quanto a divisão, acredito e sempre falo que casamento é união e isso inclui tudo, no meu ponto de vista claro. Em casa é tudo nosso, os salários juntamos assim que recebemos, pagamos as contas, outra parte poupança, continhas pessoais. Nunca houve problema quanto a isso muito pelo contrario nos entendemos muito bem, isso sempre aconteceu desde o namoro, e nunca houve questionamento sobre as compras um do outro. Cada caso é um caso né, no nosso funciona perfeitamente. Bjoss Feliz 2017

    • 13.janeiro.2017

      Sim, cada caso é um caso, se vcs conseguiram harmonia dessa forma vai fundo… Muita gente não consegue, até mesmo porque mulheres precisam de alguns gastos a mais do que homens, já que eles não precisam pintar unha e todas aquelas coisas que amamos rsrs