28  05
2014
Decoração | Leitores

Pergunte ao Arquiteto #7 (Respostas)

A equipe de arquitetos colaboradores do Comprando Meu Apê respondendo as dúvidas de vocês, leitores! :)

face

Carolina (Guarulhos-SP)

Gostaria de saber como combinar as cores do apto para que fique harmonioso? tem algum aplicativo ou tabela de cores para seguir, iniciando por uma cor que gostamos e então pela tabela ou aplicativo nos mostraria quais os outros tons que combinam? Obrigada

Olá, pode  parecer que a etapa da escolha das cores numa edificação seja mero detalhe, algo acessório, de importância somente decorativa, mas estão enganados os que a subestimam. As cores influenciam na nossa percepção e sensação em relação ao espaço. Saber usá-las é essencial para garantir o bem estar. Para ter sucesso na sua escolha é importante prestar atenção em alguns ítens:

1) Uso do espaço

Você já ouviu falar de cores quentes e cores frias? Elas são chamadas assim por causa da influência que exercem em nós quando somos expostos a elas. Existem muitos estudos científicos para explicar essa influência, mas não vamos nos aprofundar muito no assunto aqui. O que interessa é saber que a sensação da cor provoca uma reação emocional e através do conhecimento dessa reação é que mesmo enxergando da mesma forma, as cores podem  influenciar de forma diferente  cada pessoa, por que a nossa reação aos seus  estímulos está relacionada também  com questões culturais, experiências anteriores, associações e etc.Porém, cada cor produz um conjunto de opiniões e sensações comuns pela maioria das pessoas sobre o significado de determinadas cores.

Podemos utilizar as cores com diversos fins, para favorecer desempenho, relaxamento, atividade, etc. Desta forma, devemos fazer a escolha conforme a sensação apropriada ao ambiente.

2) Contrastes

Quando se pensa em “combinações de cores”, devemos nos atentar que os contrastes também influenciam nossa percepção do espaço.

Dependendo da cor que pintarmos na parede ressaltaremos ou não a imagem dos quadros que penduraremos nela por causa do efeito de contraste das cores. Os contrastes chamam a atenção e ajudam na distinção dos detalhes, sugerem distância e profundidade.

Exemplo:

Se pintarmos de preto ou com uma cor quente uma parede, ela parecerá aproximar-se.
Se pintarmos o forro de um ambiente de preto, ele parecerá mais baixo.
Se pintarmos as paredes com cores claras, elas “recuarão” e tornarão o ambiente mais amplo,  pois a luz que reflete lhe confere amplidão.

3) Quantidade e qualidade da luz

A cor nada mais é que luz. Quando a luz  reflete nos objetos, produz ondas de comprimentos variáveis. Nossos olhos captam essas ondas e nosso cérebro as traduz  em cores. Por isso o tipo de luz (iluminação natural, artificial amarela, artificial branca…) e a quantidade de luz alteram a nossa percepção da cor. Por isso existe um termo chamado “índice de reprodução de cor” muito utilizado na hora de se fazer um projeto de iluminação que indica o grau de fidelidade com que as cores são reproduzidas em uma determinada fonte de luz. Por isso, Numa residência devemos utilizar lâmpadas com boa reprodução de cores, pois esta característica é fundamental para o conforto e beleza do ambiente.

Depois de refletir sobre as questões acima é hora da parte prática. Partindo do tom escolhido e sabendo qual será o tipo de contraste e efeito desejado, o próximo passo é escolher as cores complementares.

Essas ferramentas podem nos ajudar nessa tarefa:

❤ cartela de cores de fornecedores de tintas, com uma “imensidade” de opções de cores, podemos colocar uma do lado da outra e comparar se a combinação é satisfatória.

paleta-cores

❤ site design-seeds.com amo esse site! Com tantas imagens lindas, além de inspiração, ele serve como terapia.

site-design-seed-cores

❤ círculo de cromático, ótimo para avaliar contrastes. Cores opostas no círculo são as mais contrastantes e as próximas são complementares.

circulo-cromatico

Como saber o IRC de uma lâmpada?

Essa informação vem indicada na sua referência através de 3 dígitos núméricos que precedem a potência da lâmpada.

Exemplo:  21w/ 840

Em azul:
Representa o Índice de reprodução de cor:

IRC<6 = pobre
6<IRC<8 = boa
8<IRC<9 = muito boa
9<IRC<10 = excelente

Em vermelho:
Representa a temperatura da cor:

40 = 4000K
Temperatura da cor < 3.300k = Branca quente
3.300K<Temperatura da cor>5.000K = Branco Neutro
Temperatura da cor> 5000K = luz fria

Quer fazer a sua pergunta à equipe do Estúdio Ideia também?
É só clicar aqui e preencher o formulário!

Conheça a galera do Estúdio Ideia: estudioideia.com

Acompanhe o blog nas redes sociais seguindo:
Twitter ❤ Facebook ❤ Instagram ❤ Youtube ❤ Bloglovin

5 comentários
Deixe um comentário pra mim!
  1. Kaa
    28.maio.2014

    UaaaaaaaU
    Este está na lista dos top 5 posts + necessários do CMA! …eu acho!

    Porque tem o círculo cromático + compreensível e bonito que já vi por ae e explica claramente como interpretar as referências nas lâmpadas e o que é bom e ruim! #queriamuito

    Obrigada!!!

  2. Anastácia
    28.maio.2014

    Dicas valiosas! Muito obrigada pela contribuição.

  3. Eric
    28.maio.2014

    Gostaria se saber a melhor cor para combinar com o piso que irei botar no meu apé novo….

  4. 29.maio.2014

    Tem que combinar a cor da parede com a cor do sofá por exemplo???

    http://www.amandomecasar.com.br

  5. 30.maio.2014

    Adorei as dicas, é sempre bom ter o circulo de cores em mente, sempre nos ajuda.
    Amo esses demostradores de cores, da vontade de passar o dia combinando mil cores com eles *.*
    Beijo