3 LIVROS QUE IRÃO MUDAR A SUA VIDA | Organização e Desenvolvimento
Casa
3 LIVROS QUE IRÃO MUDAR A SUA VIDA | Organização e Desenvolvimento
04, agosto | 2017
Como organizo o Cardápio da Semana | Marmitas saudáveis
Casa
Como organizo o Cardápio da Semana | Marmitas saudáveis
05, dezembro | 2017
Mármores, granitos e cubas de apoio esculpidas
Reforma
Mármores, granitos e cubas de apoio esculpidas
26, Março | 2014
Novas cores de Quartzo Stone | Como combinar cor da cozinha
Decoração
Novas cores de Quartzo Stone | Como combinar cor da cozinha
09, Março | 2016
TOUR PELO APÊ | Diário da Reforma 1 #ApêDaSister
Decoração
TOUR PELO APÊ | Diário da Reforma 1 #ApêDaSister
23, outubro | 2017
  • Como se organizar para emagrecer com marmitas saudáveis
06  06
2017
Viagem

Trip California, Nevada e Arizona | Nosso roteiro

Praias da Califórnia, Rota 66, San Francisco, Las Vegas, Yosemite, Grand Canyon e muito mais! Hoje o assunto é bem diferente do que costumo falar aqui no blog, iremos falar sobre viagem, sim aquela trip que fiz com meu marido para a Califórnia, Nevada e Arizona nos Estados Unidos e mostrei tudo em tempo real no stories do meu instagram (@brunadalcin)! Gosto de trazer conteúdos assim de vez em quando contando minhas…

Leia Mais

Praias da Califórnia, Rota 66, San Francisco, Las Vegas, Yosemite, Grand Canyon e muito mais!

Hoje o assunto é bem diferente do que costumo falar aqui no blog, iremos falar sobre viagem, sim aquela trip que fiz com meu marido para a Califórnia, Nevada e Arizona nos Estados Unidos e mostrei tudo em tempo real no stories do meu instagram (@brunadalcin)!

Gosto de trazer conteúdos assim de vez em quando contando minhas experiências pessoais para dar uma diversificada e sair um pouco dos temas casa, decoração e finanças. Não deixem de visitar a categoria de viagens pessoais aqui no blog!

Trip California USA | Roteiro de viagem

Vista próxima à Hollywood Sign

Desde que nos casamos resolvemos nos jogar em algumas viagens internacionais que não tivemos a chance de fazer enquanto estávamos na fase de compra, reforma, decoração do apartamento e pagando festa de casamento. Viajar é uma das nossas grandes paixões e não foi nada fácil passar por anos e anos sem fazer grandes viagens. Até hoje conseguimos ir para Buenos Aires na Argentina, Cancun no México e Barcelona na Espanha. E sem o marido, fiz o intercâmbio em Toronto no Canadá por um mês como vocês viram no meu canal do YouTube.

Dessa vez fomos finalmente conhecer um pouco dos Estados Unidos, mais especificamente a costa oeste, e fizemos a maior parte viajando com carro alugado.

Se vocês querem fazer uma trip deste tipo pé na estrada, é importante entender que cada pessoa tem gosto diferente, por isso não recomendo fazer exatamente a mesma rota e tudo que nós fizemos. Para chegar neste roteiro nós pesquisamos muiiiiiiito em diversos blogs e sites de viagens. Fomos pegando uma dica aqui, outra ali até chegar em um roteiro que realmente tivesse a nossa cara.

Bom, mas chega de conversa e vamos ao roteiro da nossa viagem em comemoração aos 2 anos de casados!

Nosso roteiro de 21 dias

Essa viagem à Califórnia, Nevada e Arizona dá para fazer em menos ou mais dias, tudo vai depender de quantos dias ou quantas horas vocês querem ficar em cada cidade, por isso façam as contas de acordo com cada atração que queiram visitar e sério, nem adianta me perguntar quais existem ou quantos dias precisam para cada uma, pois nós mesmos não conseguimos ver tudo o que as cidades oferecem (que bom, temos motivos para voltar!).

Reservamos hotéis e o primeiro carro aqui mesmo no Brasil entrando em sites como Booking, Airbnb e locadoras de veículos como Alamo, Rentcars etc. Dá para fechar lá também (fechamos um dos carros da viagem lá no aeroporto mesmo), principalmente os carros pois são bem tranquilos de encontrar, mas pelo menos o primeiro hotel acho melhor reservar antecipadamente.

Dia 1

A primeira parada depois de pegar o avião em Guarulhos (SP) foi o aeroporto de Los Angeles, Califórnia. O motivo principal de ter começado por L.A. foi simplesmente o valor da passagem e além disso, o vôo era direto e sem paradas, melhor ainda. Lá no aeroporto pegamos o carro alugado e partimos para o hotel reservado em Hollywood (Travelodge), mas como já imaginávamos não nos deixaram entrar antes do horário de check-in (15h) e nem guardar as malas por lá. Isso não foi motivo para deixar de aproveitar o dia, então fomos conhecer o centro de Los Angeles com as malas no carro mesmo (eita, empolgação de turista!) e já aproveitamos para ir no Grand Central Market, o mercado municipal da cidade.

Tivemos um problema com o carro alugado, com o Sol da Califórnia aquecendo bastante, um cheiro começou a subir e constatamos o que era: alguém havia vomitado perto da porta e eles não limparam direito. Perdemos algumas horinhas indo lá trocar no aeroporto (são 50 minutos só para ir), mas pelo menos nos deram um carro maior e melhor como pedido de desculpas! O Sol ia começar a se pôr e corremos para ver de perto o tão famoso Hollywood Sign (eu queria fazer as fotos no pôr-do-sol e foi mágico, a primeira foto é uma delas!). Não me perguntem como chegamos tão perto, simplesmente colocamos no Waze e fomos subindo a serrinha e seguindo outros carros. Existem muitas saídas e diversos pontos para ver o letreiro, alguns até mais perto ainda, basta ir subindo e procurando. O passeio é fantástico e a vista é de tirar o fôlego. <3

Trip California USA | Roteiro de viagem

Dia 2

No outro dia fomos para o parque da Universal e sem dúvidas foi um dos dias mais legais da viagem. Recomendo demais! Dá para ir em todas as atrações do parque em apenas um dia, mas prefiram dias de semana que são mais vazios, cheguem pelo menos meia hora antes de abrir o parque e comprando o ingresso online tem desconto. Não deixem de fazer o tour pelos estúdios onde foram gravados vários filmes e seriados famosos (já está incluso no valor do ingresso) e se não me engano esse tour só tem na Universal da Califórnia (Los Angeles), afinal é Hollywood né gente, então acredito que na de Orlando não deve ter.

Trip California USA | Roteiro de viagem

Dia 3

No terceiro dia em Los Angeles na Califórnia, optamos por conhecer o famoso museu de cera de Hollywood (Madame Tussaux), valeu muito a pena e o cinema 4D no final do tour é de deixar de boca aberta! Caminhamos pela calçada da fama (dica: se tiver alguma estrela específica de algum artista que queiram muito ver, olhe o mapa antes pois a avenida é grande para caminhar!). Depois fomos ao Griffith Observatory e dar umas voltas por Beverly Hills, o bairro onde a maioria dos atores famosos moram. Para fazer tudo isso em um dia só, acordamos bem cedo já que principalmente dentro do museu de cera você acaba gastando algumas boas horas sem perceber!

Trip California USA | Roteiro de viagem

Trip California USA | Roteiro de viagem

Trip California USA | Roteiro de viagem

Trip California USA | Roteiro de viagem

Dia 4

Check-out cedinho no hotel. Reservamos para conhecer algumas das praias mais famosas da Califórnia. Como ainda era finalzinho de outono e começo de primavera, não dava para tirar o biquíni da mala então por isso, só passamos um pouco em cada uma para conhecer mesmo. Venice Beach, Santa Mônica, Malibu e Santa Barbara. Todas são lindas, cada uma com sua particularidade, sinceramente não vejo a hora de voltar com clima de verão! De lá partimos para Fresno e chegamos por volta das 11 da noite no hotel. Foi o dia mais punk na estrada pois andamos muito o dia todo e quando nos demos conta já eram quase 6 da tarde e ainda precisávamos percorrer uns 370 km até chegar no hotel!

Trip California USA | Roteiro de viagem

Dia 5

Reservamos este dia inteirinho para conhecer o Yosemite National Park, mais um lugar incrível da Califórnia, e que fica há mais ou menos uma hora e meia do hotel. Estava por volta de 12ºC mas tinha Sol, porém mal sabíamos que iríamos pegar neve na serra do parque. Foi sensacional já que nunca tínhamos visto neve na vida, só isso já valeria a viagem até lá. Mas o parque é tão sensacional, com belas cachoeiras, rochas gigantescas e vales incríveis que ficamos de boca aberta! Se com neve e frio é lindo, imagino no verão! Ah uma dica, tenham cuidado na serra do parque, pois não tem proteção e os penhascos são gigantes, agora imagina o medo duplicado pela estrada estar com neve!).

Trip California USA | Roteiro de viagem

Trip California USA | Roteiro de viagem

Dia 6

Check-out no hotel de Fresno bem cedinho. E partimos para conhecer a região do Vale do Silício (Palo Alto), ainda na Califórnia. É lá que ficam as sedes de empresas como Apple, Facebook, Google, HP etc. As visitas guiadas precisam de agendamento em algumas empresas, mas mesmo sem agendar é possível caminhar pelas ruas, tirar fotos com os bonecos gigantescos do Google por exemplo, como o mascote do Android etc., comprar lembranças nas lojinhas etc. É muito legal ver os funcionários indo trabalhar com as bikes coloridas, o lugar transmite uma paz e parece inspirar a criatividade mesmo, sabe!

Trip California USA | Roteiro de viagem

Fomos até as casas do Steve Jobs, tanto a que ele nasceu, quanto a que deu início a Apple na garagem. A noite fizemos check-in no apartamento em Oakland que alugamos pelo Airbnb, uma gracinha por sinal (tem fotos lá no instagram @comprandomeuape_oficial). Preferimos ficar nessa cidade vizinha à San Francisco pois ficou mais em conta, além de ter metrô em frente para ir até lá sempre que quiséssemos. Porém não sabíamos mas Oakland é a quarta cidade mais violenta dos EUA, e embora não vimos nada de violência acontecer por lá, é bom vocês terem essa informação!

Dia 7

Tiramos o dia para conhecer um pouco de Oakland e também fomos até a Chinatown da cidade para ver as lojinhas de bugigangas (não gostamos muito, preferimos a de San Francisco). A noite fomos para o centro de Oakland curtir os bares e restaurantes, gostamos muito do Cosecha, é lotado mas vale a pena. São vários ambientes dentro do mesmo restaurante e você tem que entrar na fila do tipo de comida escolhido para fazer o pedido, depois eles entregam na sua mesa. É bem diferente, só vendo ao vivo para entender melhor!

Dia 8 a 12

Tiramos para conhecer San Francisco, tanto a parte urbana quanto os píers, inclusive fizemos o passeio até a ilha de Alcatraz (prisão), que recomendo demais por sinal. Claro que fomos nos pontos turísticos como a Golden Gate Bridge, andamos de bondinho, curtimos a região da Union Square e tudo o que tínhamos direito. Fechamos o city tour oficial da cidade com guia turístico no pacote de 2 dias e incluía uma vista do pôr do sol da Treasure Island, para isso passamos pela ponte Bay Bridge que também é maravilhosa e bem maior que a Golden Gate. Foi ótimo andar e passear a pé e de metrô pela cidade, pois nos sentimos quase moradores dela.

A Califórnia é realmente incrível! <3

Trip California USA | Roteiro de viagem

Alcatraz Island (Prison)

Trip California USA | Roteiro de viagem

No 12º dia da viagem, fizemos o check-out e partimos para o aeroporto rumo ao estado de Nevada, mais precisamente na cidade de Las Vegas! Dá para ir de carro também, mas a viagem é bem longa, por isso preferimos agilizar!

Dia 13 a 20

Em Las Vegas optamos por ficar em um hotel resort um pouco mais afastado da famosa Strip, porém ele fica na Freemont Street. Nos hospedamos no Golden Nugget, um hotel bem chique e bonito, porém com um aspecto mais antigo já que a Freemont é a “antiga Las Vegas”, era ali que o burburinho acontecia. Hoje em dia também é uma rua lotada, com muitos shows grátis, tirolesas, além disso é toda coberta e a noite tem projeção de vídeos nessa cobertura que parece um “túnel”. Vale super a pena passar por lá!

Mas para ser sincera, não ficaria hospedada novamente nesse hotel e nem nessa região. Acaba ficando muito longe dos hotéis mais novos e dos pontos turísticos mais badalados, além disso pagamos taxas diárias de resort além das diárias e no fim das contas nem aproveitamos direito a piscina e o hotel. Íamos somente para dormir nele e ficávamos o dia todo lá na Strip.

Para quem prefere os passeios durante o dia todo, recomendo se hospedar em um hotel mais baratinho do tipo “motel”, sabem? Pois além de não ter taxa de resort, imagino que incluem café da manhã, coisa que não tínhamos no nosso, e isso faz total diferença!

Trip California USA | Roteiro de viagem

Aproveitamos também para ir aos 2 outlets (North and South Outlet Premium) fazer umas comprinhas. Tem bastante promoção nas lojas de marcas conhecidas, mas vi mais promoções nas roupas masculinas do que femininas. Para quem já está acostumado a comprar roupas aqui no Brasil de marcas como GAP, Michael Kors, Adidas, Nike etc. vai achar muita coisa com melhores preços, mas para quem não tem costume, achará caro! Acabei encontrando peças da H&M em ótimos preços no outro shopping que fica na Strip e chama The Forum Shopping que fica dentro do Hotel Caesars Palace.

Trip California USA | Roteiro de viagem

Não deixem de ir em todos os hotéis mais famosos da Strip, cada um tem um tema e parece que você está de fato em cada cidade famosa do mundo, Paris, New York, Veneza etc. Outro também que vale a pena é o Stratosphere, a torre onde tem os brinquedos para quem ama altura e altas emoções, sem contar a vista linda (vocês podem comprar o ingresso somente para a vista se tiverem medo dos brinquedos radicais, mas se decidirem ir nos brinquedos quando já estiverem lá em cima, preparem o bolso porque sai muito mais caro!).

Foi exaustivo andar nos outlets e de hotel em hotel, curtir as atrações, mas valeu muito a pena. Saíamos cheio de bolhas no pé, mas encantados com cada coisa. Porém o passeio mais fantástico de todos, sem dúvidas foi o dia que alugamos um carro no aeroporto de Las Vegas e dirigimos por 2 horas e 30 minutos até o estado do Arizona para conhecer o Grand Canyon West. Não daria tempo de ir até o Norte e o Sul, mas só de ter ido ao lado oeste já foi suficiente para nos deixar boquiabertos!

Trip California USA | Roteiro de viagem

Não deixem de ir, sério! É tão incrível saber que tudo aquilo é natureza de verdade. Andamos no chão de vidro, o famoso Skywalk e realmente dá muito arrepio e frio na barriga ao olhar para baixo, mas também vale mega a pena! Não fizemos o passeio de helicóptero, mas se vocês puderem fazer, façam! :)

AH! E tomem muito cuidado, pois os penhascos não tem proteção alguma e muitos turistas querem tirar fotos bem nas pontinhas, é bem arriscado. Inclusive, não recomendo levar crianças lá, apesar de terem algumas placas indicando para não chegar perto, os seguranças não instruem ninguém, deixam todos livres, ou seja, o perigo é total. Se vocês pesquisarem no Google vão ver que já morreram alguns turistas lá, muito triste.

Dia 21

Apenas o dia de fazer check-out logo cedo no hotel e pegar um vôo até Los Angeles e outro de Los Angeles até São Paulo (GRU). Mesmo motivo do início da viagem, saiu mais em conta fazer isso do que pegar um vôo direto de Las Vegas até São Paulo. Dá para ir de carro também de Las Vegas para Los Angeles pela estrada no deserto, é lindo, mas estávamos muito cansados para enfrentar mais umas 5 horas de estrada.

Não mencionei preços de atrações turísticas já que fui mostrando a maioria no stories do instagram e agora nem me lembro mais, além disso elas podem variar e é melhor vocês fazerem como a gente: olhar no site de cada uma.

Só sei de uma coisa, de todas as viagens que fizemos, essa é uma que temos vontade de fazer novamente porque além dos lugares que fomos, tem muito mais para ser visto. Mas da próxima pretendemos ir no verão e ver uma versão diferente de tudo, aproveitar as praias com Sol e o Yosemite dessa vez sem neve.

Trip California USA | Roteiro de viagem

Se quiserem ver mais fotos da nossa viagem e outras dicas na ordem cronológica, não deixem de passar lá no meu instagram @brunadalcin e me seguir.

Quem acompanhou pelo stories, viu que rolavam várias músicas legais nas estações de rádio americanas da Califórnia, e como marcaram a nossa viagem, resolvi fazer uma playlist lá no Spotify com todas elas. Não coloquei somente música fofa, vocês vão ver que tem algumas com conteúdo explícito (os famosos palavrões que os rappers americanos amam usar kkkkk), mas fazer o que né, são as mais tocadas lá, funciona como o funk daqui, o que importa é a batida, então relevem! :D

Se quiserem me seguir lá no Spotify é só buscar por Bruna Dalcin.

Espero que tenham curtido as dicas da Califórnia, Nevada e Arizona e como falei, visitem mais blogs, principalmente de viagens para montar o roteiro mais adequado para vocês, inclusive a quantidade de dias não precisa ser exatamente igual, tudo vai depender de quantos lugares desejam ir. Não deixem de olhar as distâncias e endereços no Google maps, ajuda muito também!

26  05
2017
Casa | Decoração

Nosso novo colchão | Resenha

Tudo sobre o nosso colchão de molas ensacadas individuais, visco elástico e látex! Oi gente! Uma das novidades aqui no apê é o nosso colchão, que inclusive mostrei em tempo real lá no stories do instagram no dia da entrega. (Aproveite e já me siga lá @comprandomeuape_oficial para não perder nenhuma dica!) Nosso outro modelo de colchão tinha quase três anos, ou seja, estava muito novo ainda. Embora eu adorasse ele, o que…

Leia Mais

Tudo sobre o nosso colchão de molas ensacadas individuais, visco elástico e látex!

Oi gente! Uma das novidades aqui no apê é o nosso colchão, que inclusive mostrei em tempo real lá no stories do instagram no dia da entrega. (Aproveite e já me siga lá @comprandomeuape_oficial para não perder nenhuma dica!)

meu colchão macio de molas ensacadas

Nosso outro modelo de colchão tinha quase três anos, ou seja, estava muito novo ainda. Embora eu adorasse ele, o que nos motivou a buscar outro foi um problema na coluna do meu marido.

Ele tem algumas protusões (hérnias de disco) e após muitas idas aos médicos, muitas fisioterapias, foi recomendado dormir em um colchão com nível de conforto macio, sendo que na época da reforma e mobília aqui no apê, optamos por um colchão de nível mais firme. Na nossa cabeça, os modelos mais firmes seriam melhores para deixar a coluna reta, porém no caso dele, isso acaba pressionando a hérnia e causando mais dor.

Como já conhecíamos a qualidade do primeiro colchão, fomos até a loja Mega Colchões novamente para escolher o novo modelo. Fizemos o teste de deitar nos modelos mais macios que nos indicaram e o nosso escolhido foi o colchão tamanho queen da linha Mega Evoke com Plush e Visco Látex.

Colchão macio e confortável | Minha experiência

Características do modelo:

  • Possui sistema de encapsulamento do molejo;
  • Maior área útil do colchão e bordas mais resistentes;
  • Molas ensacadas uma a uma – faz com que a pessoa não sinta quando a outra se mexe ao lado e garante uma melhor adaptação do corpo ao colchão;
  • Eurotop formado com espuma Visco elástico e Látex proporcionando relaxamento muscular e mantendo a curvatura certa da coluna;
  • Toque Plush (macio);
  • Espuma desenvolvida para manter maior performance à espuma convencional, com consciência ecológica contendo em sua formulação matéria prima vegetal que é obtida através de processos menos agressores (Selo de qualidade BioFoam);
  • Tecido em malha com toque super agradável com fibras de Bambu;
  • Sistema One Side (não precisa virar).

Assim que o colchão chegou já deu para sentir o toque plush ao passar a mão nele, mas confesso que ao deitar não parecia o mesmo que fizemos o teste na loja, estava um pouco mais rígido. Imaginei que o motivo seria por se tratar de um colchão novinho em folha, e ao ligar na loja nos informaram exatamente isso. Fazendo uma analogia, é como se fosse um sapato novo, você precisa usá-lo para se ajustar ao seu pé, o mesmo ocorre com um colchão, após uma semana eu já vi que ele estava se adaptando ao corpo, por isso aguardei um mês para testar e vir aqui contar sobre ele.

meu colchão macio de molas ensacadas

Após este tempo ele já está bem adaptado e ficou realmente macio como o da loja e o marido não sentiu mais nenhum incômodo como antes com o antigo colchão.

Como falei, eu amava o outro colchão, mas agora este novo já me conquistou. Me sinto praticamente dormindo em uma cama de hotel, sabe! Realmente é muito mais aconchegante e meu sono melhorou bastante.

E como mencionado nas características acima, este modelo não precisa virar, mas é recomendado fazer um giro de 180º a cada 15 dias para que o peso seja igualado em ambos os lados. Afinal uma pessoa sempre pesa mais do que a outra na maioria dos casos!

Não sei se foi impressão minha mas achei este modelo bem mais leve que o antigo, tanto que sozinha faço o giro e antes eu chamava o marido para me ajudar.

Para quem procura um modelo de colchão de molas ensacadas individuais e mais firme ainda continuo indicando o primeiro, mas para quem procura um nível de conforto mais macio, recomendo muito este da linha Mega Evoke com Plush e Visco Látex. Realmente conquistou o meu coração! :)

Essas foram as minhas primeiras impressões e espero que tenha contribuído para ajudar vocês que estão na fase de escolha de colchões.

AH! A loja Mega Colchões tem unidades físicas, mas também vende online e entrega para todo o Brasil. Não esqueçam de mencionar que conheceram através da parceria com o blog Comprando meu Apê para garantir o brinde (travesseiro da NASA)! Mas se caso forem comprar pelo site, não esqueçam de enviar um e-mail para contato@megacolchoes.com.br dizendo o mesmo!

Como vocês sabem só faço parceria com lojas e empresas nas quais confio e testo os produtos, prezo sempre pela transparência e confiança que tenho com vocês, por isso sempre que tem alguma parceria ou publicidade aqui é porque eu realmente recomendo. ;)

12  05
2017
Casa | Vídeos

Qual o melhor aquecedor elétrico de ar para a sua casa?

Depois do post e vídeo 7 dicas para manter a casa aquecida no inverno, recebi muitos pedidos para falar mais sobre qual o melhor e mais adequado aquecedor de ar. O pedido de vocês é uma ordem e cá estou eu! ;) Aperte o play para assistir. Para começar, vocês precisam observar duas coisas: as características do aquecedor e o local onde o aparelho ficará. No Brasil a maioria dos aquecedores de ar tem capacidade para atender…

Leia Mais

Depois do post e vídeo 7 dicas para manter a casa aquecida no inverno, recebi muitos pedidos para falar mais sobre qual o melhor e mais adequado aquecedor de ar. O pedido de vocês é uma ordem e cá estou eu! ;)

Aperte o play para assistir.

Para começar, vocês precisam observar duas coisas: as características do aquecedor e o local onde o aparelho ficará. No Brasil a maioria dos aquecedores de ar tem capacidade para atender espaços entre 20 a 25 metros quadrados, ou seja, quem tem um ambiente maior do que isso, irá precisar de dois ou mais aparelhos em pontos diferentes para que o aquecimento seja eficaz. O local influencia demais na hora da escolha, pois um ambiente com piso frio vai precisar de aparelhos mais potentes do que um local com piso de madeira ou carpete, por exemplo.

Tipos de aquecedor de ar

Tirando a tão conhecida lareira e também o sistema de calefação facilmente encontrado em países mais frios, temos em torno de outros sete tipos de aquecedores de ar, por isso as pessoas costumam ficar perdidas na hora de escolher o ideal.

Veja abaixo as características de cada um e descubra qual o melhor aquecedor de ar para a sua casa!

Aquecedor Incandescente

O aquecedor elétrico incandescente é o tipo mais barato, mas o que consome mais energia elétrica. É um aquecedor com resistência visível protegida por uma grade metálica. Não pode ficar em locais úmidos nem muito próximo a qualquer tipo de objeto. Este modelo aquece muito mais rapidamente que outros tipos de aquecedores, mas o calor fica concentrado próximo a resistência, ou seja, não é uniformemente dissipado no ambiente. São leves e portáteis.

Aquecedor de ar incandescente (elétrico)

Aquecedor Termoventilador

É um aquecedor elétrico barato também, mas funciona como um ventilador. Possui resistência acoplada à hélice, fazendo o calor dissipar melhor pelo ambiente. O resultado é mais eficiente já que tem um alcance maior. Além disso, possui regulador de temperatura, mas o consumo de energia elétrica também é grande assim como o incandescente. São aparelhos portáteis e leves para carregar.

Aquecedor de ar termoventilador

Aquecedor Cerâmico

Este aquecedor elétrico possui resistência também, mas a diferença é que ela é envolta em cerâmica, o que faz reter o calor e dissipá-lo de forma mais uniforme através de uma ventoinha. Por conta disso faz mais ruído, se assemelhando ao barulho de um ar-condicionado, mas a vantagem é que é um pouco mais econômico que os modelos anteriores e não ressecam tanto o ar. Podem ser portáteis ou de embutir na parede.

Aquecedor cerâmico | Aquecedores elétricos

Aquecedor à oleo

O aquecedor à óleo é um pouco mais caro do que os aquecedores elétricos (incandescentes), mas economiza até 15% mais de energia elétrica. Também possui resistência, mas o ar não entra em contato com ela, o que faz o ambiente não ficar com o ar ressecado. É mais silencioso que os demais mas não chega a ser ruído zero. A resistência aquece o óleo que há no interior e faz a troca de calor com o ambiente, por isso este tipo de aquecedor demora mais para aquecer. O óleo não precisa ser trocado, já que está fechado dentro do aparelho. Existem modelos com termostato que regulam a temperatura automaticamente de acordo com a necessidade.

Aquecedor à óleo | Aquecedores elétricos

Aquecedor à gás

De todos os modelos este é o mais perigoso e mais caro. Não é indicado para apartamentos por utilizar gás, mas sim para ambientes grandes como restaurantes, por exemplo. É pesado e embutido com sistema de encanamento. Se for planejado na construção de uma residência, o combustível é o mesmo utilizado na calefação. O modelo também é usado para aquecer água do banho e torneiras por meio de um junker.

Climatizador de ar reverso

Semelhante ao ar-condicionado, é portátil, mais caro porém mais eficiente que os aquecedores elétricos. Serve tanto para aquecer quanto para resfriar o ambiente, e portanto acaba sendo mais versátil ter apenas um aparelho para o verão e o inverno. A diferença do climatizador para o ar-condicionado é que não agride a camada de ozônio e ainda devolve o ar úmido ao ambiente, ideal para regiões com clima muito seco e baixa umidade do ar. Uma desvantagem é que geralmente são pesados apesar de serem portáteis e possuírem rodinhas.

Ar-condicionado reverso split

O aparelho de ar-condicionado com a opção quente e frio custa mais caro que aquecedores elétricos, mas tem a vantagem de ser mais potente e ainda poder ser utilizado no verão para resfriar o ambiente. Não apresenta risco de queimadura, espalha o calor de maneira uniforme e é mais silencioso. A desvantagem é que precisa ser instalado na parede por um profissional o que acaba encarecendo.

Ar-condicionado X Climatizador de ar

Mas afinal, qual tipo de aquecedor devo escolher?

Na hora de decidir, leve em consideração se a região onde mora faz um período pequeno ou maior de frio, se tem os dois extremos, talvez seja melhor investir mais em um ar-condicionado modelo quente/frio ou no climatizador. Se você precisa apenas de aquecimento em um período curto e no verão o calor é suportável, os aquecedores elétricos podem ser suficientes, mesmo que a conta de energia elétrica suba neste período. Se você não tem paciência de aguardar o ambiente aquecer lentamente, prefira os modelos como cerâmico, incandescente ou termoventilador, se não tiver problema de esperar um tempo maior, o modelo à óleo funciona muito bem.

O meu aquecedor elétrico

Como não tenho paciência de ficar esperando muito tempo e o inverno aqui em São Paulo é apenas um curto período, optei por este modelo cerâmico e gostei bastante. A conta de energia elétrica aumenta um pouco sim nesta época, mas utilizo somente em dias muito frios MES-MO. Trabalho de casa (home-office), e antes de comprá-lo, em dias muito frios e sem aquecedor, a vontade que dava era de se enrolar no edredom, tomar um chá quente e ver TV. Agora não mais, coloco ele dentro do escritório na função ECO (que desliga quando a temperatura do ambiente está adequada e liga novamente quando esfria), fecho a porta para manter o calor e meus pés não congelam mais (ufa)!

Uma hora antes de dormir levo o aparelho para o quarto, ligo e deixo aquecendo. Depois desligo pois não consigo dormir com o barulho, além de ser perigoso também. O único problema é que dá vontade de ter um em cada cômodo da casa, na minha sala ampliada eu teria que ter dois pelo menos para dar conta. Só que além do custo do aparelho, a energia elétrica iria lá no topo!

Aqui vão algumas dicas extras para usar o seu aquecedor e o susto na conta de energia não ser tão grande!

  • verificar se as portas e janelas estão bem vedadas;
  • usá-lo apenas quando pessoas estiverem no local;
  • tirar o aparelho da tomada quando não estiver sendo usado;
  • comprar aparelhos com o selo Procel com notas A ou B pois consomem menos energia elétrica.

E se quiserem ainda mais dicas, não deixem de conferir o post que fiz com 7 dicas para manter a casa aquecida no inverno. ;)

Alguns modelos que recomendo:

Página 5 de 424Primeira34567Última