Diferenças entre gesso comum e drywall (gesso acartonado)

Arquivado em: Decoração, Reforma

 

Atendendo aos pedidos de vocês: hoje vim falar um pouquinho mais de gesso e drywall! \o/
Pra quem não viu aqui no blog, tem alguns posts onde eu já mostrei alguns exemplos. Vou deixar os assuntos linkados no final do post, ok?

Bom vamos lá, muita gente tem dúvidas quanto às diferenças entre os dois tipos e eu também tinha. Mas como este será um dos primeiros itens da reforma do meu apartamento então tratei de fazer uma boa pesquisa! Espero que ajude vocês também. :)

Drywall
É uma placa de gesso revestida de papel acartonado. O forro de gesso acartonado é constituído por chapas parafusadas em uma ou duas estruturas metálicas que permitem configurar o forro para as exigências ou necessidades de cada ambiente. O gesso acartonado evita os problemas de trinca e amarelamento muito comum no gesso convencional e pode ser aplicado em qualquer área independente da dimensão.
O uso do gesso acartonado (drywall) proporciona ganho de área útil por ter espessura fina, é um sistema de construção seca, fácil de montar e desmontar, além disso, o sistema drywall é mais inteligente na hora de se fazer instalações elétricas e hidráulicas.
Ele ainda permite isolamento acústico e conforto térmico. O isolamento acústico do drywall já é utilizado nas melhores casas de shows e cinemas do país e a proteção sonora é, no mínimo, igual às paredes convencionais. Dependendo das especificações pode tornar-se muito superior. Com relação ao conforto térmico, as propriedades das chapas de gesso contribuem para regular e estabilizar a temperatura. Mais fresco no verão e mais aquecido no inverno.

Gesso
O gesso comum é o mais conhecido, mas também o mais trabalhoso. Ele precisa de alinhamento e de ser plumado. Além disso, ele corre o risco de mofar e não aguenta tanto peso. Mas em compensação é em torno de 50% mais barato que o drywall.

Cada vez mais as empresas estão abandonando o gesso e optando por trabalharem somente com o drywall. Isso é ótimo pra gente pois com mais concorrência no mercado, o preço tende a cair.
Na minha opinião o drywall possui uma infinidade de vantagens, pois é bem mais rápido e prático de instalar e quase não faz a sujeira. A resistência à umidade é muito maior, embora também corra o risco de mofar. Mas como disse acima ele é mais caro, pois além de toda a estrutura é necessário utilizar perfil, montante, parafusos, fita, etc para a instalação.

Posso pendurar objetos e móveis pesados em paredes feitas de drywall?
Normalmente a chapa de gesso suporta até 10 kg em uma pequena área, desde que utilize bucha específica pra gesso.
Se for exceder este peso até 40 kg, então devem ser usados acessórios apropriados para suportar o peso de prateleiras, tampos de granito, quadros, portas etc. E se for ultrapassar os 40 kg, o reforço deve ser interno na parede. Então é bom ver isso antes no projeto da sua decoração para que escolha o tipo certo de drywall para o seu objetivo.

Imagens: Casa e Gesso Vitória

Uma dica pra quem comprou um imóvel que já tem drywall:
Antes de sair quebrando e derrubando paredes, consulte um profissional da área, pois em muitos casos o drywall é usado para disfarçar colunas e vigas existentes e você pode acabar perfurando ou quebrando onde não podia!

Já quem compra um imóvel novo (na planta), as construtoras tem a obrigação de fornecer um mapa da estrutura toda. E isso facilita para que você saiba onde tem os pontos de reforço, já que você precisará saber na hora de projetar e instalar os armários da cozinha por exemplo.


Quer ver referências e ideias de modelos de gesso para teto?
Tem dois posts bem legais que fiz aqui no blog já!
Planos do gesso para o meu apê
Ideias de decoração com gesso

Até o próximo post! ;)

Quem quiser acompanhar o blog nas redes sociais é só seguir: Twitter  Fanpage ❤ Instagram  Youtube

21 comentários Comentar via blog

Comentários via facebook

Comentários via blog

  1. Aqui em casa como subimos 2 paredes optamos por usar o drywall, embora no final das contas as paredes tenham saído mais caro que as paredes de alvenaria achamos que estruturalmente era melhor. :)

    Responder
  2. Dayana Martins

    O Bruna o Drywall é ótima opção, mas vale lembrar que dependendo da quantidade de chapas que é colocado ele pode apresentar ondulações gerando assim mais trabalho e tempo do seu pinto, o mais barato as vezes pode sair caro, então devemos procurar um bom profissional que nao economize material para um bom resultado.

    Responder
  3. Olá Bruna!

    Fizemos alguns cálculos sobre o tamanho do apartamento que compramos e descobri que eu poderei colocar um closet no meu quarto, mas para separar os ambientes eu estava pensando se valia a pena colocar gesso ou drywall…

    Eu quase fechei o drywall, mas quando a empresa que fará o closet me mostrou que era possível instalar a parte de trás do closet como parede separando os ambientes, acabei comprando a ideia deles. O objetivo é aproveitar o espaço no máximo, então mesmo os centímetros do drywall poderiam ser aproveitados no novo armário…

    Mas realmente, embora seja mais caro gostei bem mais dos projetos com drywall do que com gesso.

    Responder
  4. Oii Bruna, adorei seu blog. Informações úteis, atuais e super interessantes. Também curto muito decorar!

    Responder
  5. Adorei o post, muito útil. Compartilharei!
    https://www.facebook.com/AmbientesPequenos :)

    Responder
  6. Olá! Estou me preparando para adquirir um apartamento. Tenho visto muito essas novas construções e me chamou a atenção o prédio onde mora uma amiga, que nas paredes do corredor tem plaquinhas dizendo para não abrir canaletas. Achei estranho, mas a justificativa é o material com que foi construído, não é uma alvenaria comum, só não me lembro o nome. Não é gesso acartonado (drywall). Vcs sabem o nome desse material?

    Responder
  7. lenigher

    vi na tv eles colocando esse gesso na parte externa, ele não derrete com a chuva??

    Responder
  8. Edson Vasconcelos

    Olá, Bruna. Muito útil este seu blog, parabéns.
    Você conhece a utilização do gesso acartonado na estrutura de armários, como closet, guarda-roupas, etc?
    Vi isto em Fortaleza e em João Pessoa.
    Obrigado.

    Responder
    1. Oi Edson, eu usei no meu closet, dá uma busca no tour pela reforma que fiz aqui no blog! ;)

      Responder

Pingbacks e trackbacks

Deixe um comentário

Quer que sua foto de perfil apareça nos comentários? Então cadastre-se no gravatar clicando aqui.