25  01
2016
Burocracia

Entenda o valor do seu condomínio

A despesa do pagamento mensal do condomínio é um valor que pesa bastante no bolso, e, portanto, deve ser colocado como despesa fundamental do mês. Infelizmente surgem muitas dúvidas sobre o que está sendo pago, e muitas vezes achamos o valor injusto, superfaturado ou até mesmo não entendemos o porquê do valor estar aumentando.

(via)

(via)

Resolvi explicar pra vocês como funcionam esses cálculos de acordo com o que tenho aprendido na prática, mas sempre que tiver dúvida faça perguntas ao seu síndico, ele poderá explicar melhor cada ponto do que está sendo pago, pois esses valores podem variar conforme cada condomínio.

Despesas Fixas

  • Funcionários: É a maior fração gasta no valor de um condomínio, chegando a mais de 50% do total de gastos condominiais. Aqui incluem-se também alguns encargos como INSS, FGTS, décimo terceiro, férias, benefícios (vale-transporte, vale alimentação) e rescisão. Também existem encargos envolvidos em serviços prestados ao condomínio, por exemplo, o ISS (Imposto Sobre Serviço).
  • Contas de água e energia da área comum.
  • Água e gás de uso dos condôminos: Apenas no caso desses itens não se encontrarem individualizados por unidade, o gasto total é dividido entre o número total de condôminos. Caso contrário, são divididos por consumo.
  • Manutenção: Pode incluir manutenção dos elevadores, manutenção e limpeza das piscinas, jardinagem, revisão de antenas, pintura do prédio, dentre outros itens.
  • Gastos Gerais: São os gastos com cartório, correio, materiais de limpeza, etc.
  • Gastos Eventuais: São aqueles gastos não planejados, como um cano que estourou, conserto de portão quebrado, reformas não planejadas e necessárias naquele mês.
  • Gastos Administrativos: Envolvem taxas bancárias, isenção do pagamento do condomínio pelo síndico, pagamento da administradora

Benfeitorias

Os condôminos geralmente buscam formas de melhorar o ambiente residencial em que vivem, investindo em itens na área comum ou de interesse comum. Compras de itens como câmeras, sofás para descanso, caixas para correspondências e mudanças como individualização da água e do gás, são votados em assembleia para entrar no custo do condomínio como benfeitorias.

Fundo de Reserva

Geralmente corresponde a 10% do valor total do condomínio e serve como reserva de segurança para gastos emergenciais (como acidentes, tubulação com problemas, etc) que podem gerar um custo excessivo não planejado. Essa cobrança mensal evita surpresas desagradáveis com cobranças emergenciais.

(via)

(via)

Por fim, a divisão dos valores totais gastos no condomínio, são divididos entre os moradores de modo igualitário ou pela fração ideal do solo (desse modo, uma unidade com 3 quartos pagará mais do que uma unidade com 2 quartos, por exemplo). Se um condomínio tem muitas unidades de apartamentos, o valor pago por unidade tende a ser menor, caso contrário, esse valor tende a subir.

Agora ficou mais fácil entender o que está incluso naquele boleto do condomínio que chega todo mês para pagar!

Veja também um post sobre prós e contras de morar em um condomínio novo. ;)

Acompanhe o blog nas redes sociais seguindo:
Pinterest  Twitter ❤ Facebook ❤ Instagram ❤ Youtube ❤ Bloglovin ❤ Snapchat: bruna_dalcin

12 comentários
Deixe um comentário pra mim!

  1. Gustavo
    25.Janeiro.2016

    Boa tarde, qual o valor mensal do condomínio que você mora?

    • 25.Janeiro.2016

      Ele não tem um valor fixo Gustavo… tem gás e água embutidos, então todos os meses variam de acordo com consumo, etc… mas fica entre 400 a 550 reais…

  2. Rafaela
    26.Janeiro.2016

    Oi Bruna! Sempre acompanho sua postagem, muito interessantes e esclarecedoras! Parabéns! Quanto a taxa de condomínio qual a regra por aí quando no edifício existe apartamentos de tamanhos diversos? É cobrado segundo fração ideal, de acordo com o tamanho do apartamento, ou uma valor igual para todos?

    • 26.Janeiro.2016

      Oi Rafa, sim tem a fração no meu sim… apartamentos de 3 dormitórios pagam mais por conta da metragem quadrada e os de 2 dormitórios pagam menos.
      Bjsss

      • Talita Oliveira
        26.Janeiro.2016

        Bruna, aqui no meu condomínio também era por fração ideal, porém seguindo várias decisões recentes dos tribunais superiores, mudamos para o valor médio comum e todo mundo paga igual. As decisões foram baseadas pelo fato de que as taxas relatadas como gastos coletivos independem do tamanho do apartamento. Por exemplo, proporcionalmente, os apartamentos de 3/4 pagam mais pelo porteiro do que um apartamento de 2/4 o que não faz sentido. No dia da assembleia para informar a alteração foi uma mega confusão, são umas 8 plantas diferentes aqui. Os apartamentos menores queriam assegurar que os apartamentos maiores gastam mais sim e usaram o exemplo do gás que ainda não é individualizado, porém gás é relativo. Minha planta é a maior e moramos em 3 pessoas, passamos o dia fora, podendo haver um apê menor com mais gente e comendo em casa todos os dias. Por fim, deram um exemplo ótimo que todo mundo se “convenceu”: os apartamentos 3/4 térreo com giardino tinham as maiores taxas e no quesito energia, por exemplo, nem usa elevador e gastaria menos nesse caso. Enfim… A polêmica tb é, se um morador de apartamento maior entrar na justiça alegando essas particularidades o condomínio vai ter que pagar o ressarcimento do valor pago “a mais” pois já tem jurisprudência favorável. No seu condomínio já se discute isso?

        • 26.Janeiro.2016

          Ainda não Talita, infelizmente não! :\

  3. Rafael
    26.Janeiro.2016

    Oi, Bruna! Parabéns pelo blog!! Meu apartamento sai em agosto e suas dicas aqui estão me ajudando mtooooo…
    O apartamento terá cerca de 27 lojas comerciais ao redor do prédio, vc sabe se nesse caso esses comerciantes também entram no rateio do condomínio? Ouvi dizer que sim…
    Abs

    • 28.Janeiro.2016

      Oi Rafael, varia de condomínio pra condomínio, mas se irão ficar dentro do condomínio acredito que tbm entrem sim junto com um “aluguel”… geralmente isso é discutido em assembleia. Aqui no meu por exemplo, tem salão de beleza, spa, etc onde tem profissionais que alugam as salas, porém essas salas já fazem parte do projeto então não pagam condomínio pq é como se fosse uma área comum, entendeu?

  4. Rachel
    29.Janeiro.2016

    Bru, aqui no meu apê a água e gás ja estão imbutidos na taxa condominial, independente do valor…

  5. 31.Maio.2017

    Ola, no condomínio simples que moro, tem algo que chama a atenção. No boleto de cobrança de condomínio vem o detalhamentos das dividas e no topo dos itens de Receitas, vem tacha de condomínio com um valo X. separado dos itens; água, luz, taxa de administração e outras coisas mais somadas com a taxa de condomínio, lendo a matéria acima, entendi que taxa de condomínio é toda a despesa somada e dividida pelo numero de AP. perfazendo ai o valou único do condomínio. O pior é que o Sindico diz que esta certo, e os outros errados, o que eu faço?

  6. Anna Júlia Dias Vieira
    29.setembro.2017

    Oi Bru!!
    Eu estou vendo algumas casas para comprar, porém elas cobram valor de condomínio. Se for pra pagar esse valor todo mês, é como morar de aluguel. Ou esses sites estão errados e casas compradas não tem que pagar condomínio?

  7. João Maciel
    07.outubro.2017

    Olá Bruna, tive sorte e ganhei um prêmio de 200 mil, eu não tenho casa própria e andei vendo uns apartamentos nos sites de venda e aplicativos. Sou empregado não tenho um salário alto e moro sozinho, será que vale a pena investir em um apartamento sendo que ainda pagarei esse valor do condomínio todo mês ? Me ajuda me mande email maciel-ma@outlook.com