30  08
2013
Design | Profissão

Profissão: Como é a vida de um Designer Gráfico

Imagem: (via)
 

Como prometi no post onde mostrei o meu portfolio, hoje estou aqui pra contar sobre a minha experiência como Designer Gráfico.

Desde pequena eu já gostava de design e não sabia. Sempre estava criando algo, inclusive tenho até um vídeo do meu aniversário de 8 anos onde eu mostrava meu “portfolio” de objetos criados com papel hahah (Ahh, o papel sempre presente na minha vida!).
 
Na época do vestibular eu estava totalmente perdida, estava fazendo curso técnico de secretariado no período da tarde (nada a ver comigo!), pensando em ser fisioterapeuta e a noite cursando web design no Senac. No curso de web eu até gostava, mas não estava me dando muito bem na parte de programação e percebi que adorava a parte de criar o visual dos sites.
Como eu gostava muito de revistas de adolescentes mas não sabia qual era o nome da profissão que fazia aquilo, eu jurava que era Publicidade e Propaganda, então resolvi perguntar para o meu professor do curso e ele sugeriu que eu fizesse Desenho Industrial.
Na hora eu pensei: ué, mas não quero projetar máquinas, trabalhar em indústrias e coisas do tipo! hahahah
 
Hoje o nome do curso já mudou para Design, o que facilitou o entendimento de muita gente, mas também acabou estragando um pouco a profissão, pois muita gente acha que só porque “mexe com Photoshop” é designer e na real não é!
Aliás tem até uma citação de uma grande designer que esclarece muito bem essa questão:
“Nem tudo que está impresso é design. Design tem que ter projeto que respeita uma estrutura do começo ao fim. O simples preenchimento de páginas com imagem e letras não é fazer design gráfico.”
Emilie Chamie

Infelizmente essa profissão no Brasil ainda não é regulamentada e por isso que tanta gente se diz designer. Só porque uma pessoa sabe sobre o efeito que um remédio faz não quer dizer que ela é médico, certo? Não dá pra alguém que não é formado em arquitetura dizer que é arquiteto e por aí vai! Então porque uma pessoa que não é formada em design diz que é designer?!
Mas assim que regulamentarem a profissão isso irá mudar. Não sei quando esse governo fará isso, mas ainda tenho esperanças!
 
Mas afinal o que é Design Gráfico?
Ele é uma das duas vertentes do Desenho Industrial (Design), onde temos o Design de Produto e o Design Gráfico. Resumidamente o Design Gráfico é um processo técnico e criativo que utiliza imagens e textos para comunicar mensagens, idéias e conceitos que podem ter objetivos sociais ou comerciais. Utilizamos o design gráfico para informar, identificar, sinalizar, organizar, estimular, persuadir e entreter. O trabalho está inserido no cotidiano da sociedade como em marcas, logotipos, símbolos, embalagens, livros, jornais, revistas, folhetos, catálogos, placas, sinalização, vinhetas de cinema e tv, web sites, jogos, anúncios e muito mais. Portanto Design é projeto!

O curso
Sou formada em Desenho Industrial com ênfase em Design Gráfico pela FMU-SP e fiz curso de extensão em Design de Embalagem pela ESPM-SP. Definitivamente o segmento de branding e embalagem são os que mais me encantam, mas também adoro a parte editorial, principalmente revistas.

Na faculdade de 4 anos de Design Gráfico você vai aprender teoria e prática. Pra quem odeia teoria e acha que deveria pular essa parte e ir direto ao “Photoshop”, saiba que então você nunca será um Designer de verdade. No curso você vai aprender teoria das cores, tipografia, produção gráfica, projeto editorial, meios de comunicação, marketing, semiótica, ergonomia, história da arte e do design, desenho técnico e tantas outras matérias necessárias para formar um profissional. E a parte de design digital, softwares praticamente você nem aprende muito na faculdade, porque como já disse design é conceito e não tem nada a ver com “saber mexer em software”.

Só a faculdade não forma ninguém na minha opinião, pois você precisará ler muitos livros (bem caros por sinal), navegar na internet buscando referências sempre para estar atualizado com o mercado, estudar a cultura do local para o qual você está criando e o essencial que é começar com um estágio enquanto cursa a faculdade, afinal nada como aprender com profissionais mais experientes.

Designer precisa saber desenhar?
A minha resposta é: sim, precisa!
Mas não confundam desenho com ilustração! Um designer gráfico não precisa saber ilustrar, eu por exemplo não sei, mas se quero fazer um anúncio por exemplo, e nele precisará de uma ilustração, eu faço um rough (aquele desenho básico só no traço) e mesmo que não fique lindo, eu consigo fazer com que o ilustrador entenda o que eu quero e ele fará a “ilustra” pra mim.

O mercado
Essa profissão é menos formal, então geralmente você verá um designer vestido com roupas despojadas, trabalhando em ambientes criativos, mesas cheias de “brinquedos”, toy-arts, referências visuais, ou seja, sem muitos padrões que um emprego formal exige. Claro que tem suas exceções, pois tem designer que trabalha dentro de empresas formais, indústrias com departamentos internos de design ou marketing, mas a grande maioria acaba indo para as agências de design, escritórios, estúdios ou agências de publicidade.

E como a profissão é menos formal, com isso o mercado se aproveita e o que mais se vê hoje em dia são agências que não contratam os profissionais em regime CLT e preferem o famoso esquema PJ (Pessoa Jurídica), onde o profissional é um autônomo que emite nota fiscal, mas que no fim das contas sabemos que ele acaba sendo um funcionário como outro qualquer com deveres a cumprir, porém sem registro em carteira! (Isso ninguém nos conta na época faculdade!).

Ainda bem que existem algumas agências e empresas sérias que não fazem isso. Já sei de outras que levaram uma prensa do Ministério do Trabalho e que pararam de explorar com essa história de autônomos. Mas a verdade é que a grande maioria ainda está nesse barco.

Como começar?
Pode ser com um estágio ou emprego, mas a dica que eu quero dar foi algo que aconteceu comigo e que eu recomendo à todos que estão ingressando na área. Não comecei fazendo estágio em agência e isso foi a melhor coisa que me aconteceu!

Arrumei um estágio em uma indústria e lá eu tinha que ficar redesenhando logotipos já existentes. Utilizada um software específico para aplicação dos logotipos em tapetes personalizados. Muita gente vai pensar: “ai que coisa mais chata fazer isso”, mas foi nessa época que eu aprendi na raça como as marcas eram desenhadas e como aperfeiçoar os vetores na hora de criar uma!

Mas na verdade nem é essa a parte que eu queria frisar e sim a próxima! Depois deste estágio eu arrumei um emprego fixo e novamente não foi em agência. Mais uma vez foi a melhor coisa na minha vida profissional!

Fui trabalhar em uma gráfica no departamento de pré-impressão e a minha opinião é que todos os designers gráficos deveriam trabalhar nem que fosse por alguns meses em uma gráfica off-set pelo menos. Lá eu aprendi tudo o que eu poderia e não poderia fazer na hora de criar uma arte, o que dava certo e o que não dava, como conferir provas, fotolitos, enfim tudo que envolve o fechamento do seu arquivo final.
Como nós recebíamos muitos arquivos que vinham de muitas agências grandes, acabávamos vendo como os designers enviavam os projetos. E pasmem, a maioria não tinha a menor noção de como iriam ser impressos. Os arquivos vinham cheios de erros muitas vezes grotescos, mas que eles nem sabiam que eram erros. E quem tinha que arrumar? Eu e a galera do depto. da gráfica!

Sem contar que eu tive que aprender na raça todos os softwares gráficos existentes no mercado pois cada agência mandava em um diferente. Como eu cursava design gráfico, a gráfica acabou me dando espaço para criar vários projetos de clientes deles também e com isso meu portfolio já foi começando.

Quando saí de lá e entrei em agências, eu tirava de letra a parte de fechamento de arquivo e finalização, então isso não era mais um bicho de sete-cabeças e eu poderia me dedicar integralmente à criação dos projetos! #ficaadica então para quem quer arrumar um estágio: vá para uma gráfica! :)

Quanto ganha um Designer Gráfico?
Salário nessa área é o que mais tem variação porque depende de muitos fatores como a região que você trabalha, a sua experiência, se você trabalha por conta, pra empresa ou agência, se é PJ ou CLT, se é estagiário, assistente, designer júnior, pleno, sênior, diretor de arte ou diretor de criação. Então é muito relativo pois varia de R$850 à R$8.000 ou mais!

De acordo com a Associação dos Designers Gráficos do Distrito Federal o salário inicial é de R$2.120,58. Mas na prática eu ainda não vi ninguém iniciando com esse valor não!

O que eu preciso?
Além de ter absorvido toda a parte conceitual, ter bom senso visual e saber pelo menos o básico dos softwares, você precisa gostar muito! Como em qualquer profissão, para se dar bem você tem que amar o que faz!
E como designer eu digo que você tem que amar mesmo, porque muitas vezes você vai combinar de jantar com seus amigos/esposa/marido e de repente o cliente diz: preciso de uma alteração e tem que ser pra hoje. Pronto! Lá se vai seus planos por água abaixo e você terá que ficar na agência até altas horas a base de pizza! heheheh

#souperitanisso!Também é preciso muita dedicação e gostar de novos desafios, pois a cada dia chega um trabalho novo na sua mesa e você terá que ir em busca de estudar tal problema para resolvê-lo.Saber encarar prazos curtos! Isso é de lei principalmente em agências!
É incrível como todos os clientes precisam de tudo pra ontem. :D

Outra coisa que ocorre são os famosos pedidos de alterações na arte, que na minha opinião a maioria das vezes são equivocadas pelo cliente, mas dizem que o cliente tem razão né, então você terá que aceitar e passar por cima do seu ego e fazer o que ele pede! Geralmente quando acontece eu descarto e nem uso no meu portfolio, mas altero pro cliente ficar feliz hahahah.

Mas o fato é que nós designers temos que mostrar que se fomos contratados para fazer tal trabalho, é porque o cliente não sabe fazer, então nada melhor do que um profissional capacitado para resolver tal questão!
Queria só ver ele chegar em um médico, dentista ou qualquer outro profissional e ficar opinando no que ele deve fazer! #desabafando!

Curiosidades

Sempre vejo pessoas confundindo os nomes por aí, então lá vai:
Designer Gráfico é o profissional e Design Gráfico é o nome da área.
É o mesmo que dizer que o profissional Dentista é da área de Odontologia, entenderam?
Logomarca não existe! Me dá agonia quando escuto alguém falando: logomarca! hahahah
O correto é falar logotipo, logo ou marca. Mas logomarca NÃÃÃOOOO!
O mesmo serve para tipologia X tipografia. Tipologia NÃÃÃOOOO!

Designer de sobrancelha? Designer de bolo? etc… NÃO! Vocês não são designers!
Queria entender de onde o povo tira essas ideias! :D

Bom o post ficou enorme, mas acho que consegui detalhar bem. Mas se caso ficou alguma dúvida, é só deixar nos comentários, ok? :)

Quer conferir um pouco do meu portfolio? Clique aqui.

Quem quiser acompanhar o blog nas redes sociais é só seguir: Twitter  Fanpage ❤ Instagram  Youtube

104 comentários
Deixe um comentário pra mim!
  1. 30.agosto.2013

    Bruna, AMEI o post. Tbm sou formada em Design Gráfico, pela UEMG, mas diferente de você eu não gostei da minha escolha… rsrs… sempre achei que estava fazendo a faculdade errada e quase desisti pra fazer Ciência da Computação. Há partes que eu gosto muito, mas eu me sentia infeliz na maioria dos trabalhos. Hoje eu trabalho na parte de web, mais com programação do que com criação, mas a bagagem de Designer sempre tá ali, claro. E como vc, tbm fiz um curso de Webdesign antes da faculdade, mas minha afinidade foi mais com os códigos.

    Achei o seu post bem simples e ao mesmo tempo completo, ótimo para quem está na dúvida. (Coisa que seu tivesse lido na época de escolher meu curso ajudaria mto!).

    Achei excelente seu apontamento de q ser designer não é saber mexer no photoshop e afins (ah! os sobrinhos), tanta gente acha que é suficiente, é triste de se ver. E parabéns pelo lembrete de que logomarca não existe… hahaha

    Enfim (desculpe o exagero), parabéns pelo post!

    • 30.agosto.2013

      Oi Cy!
      Cada um tem uma vocação mesmo, eu acredito nisso!
      Minha praia realmente não é a programação, sempre fui péssima em cálculos, matemática e lógica hahahah
      Obrigada viu, fico muito feliz que tenha gostado do post!
      Bjs

  2. 30.agosto.2013

    Muito legal essa profissão!! Apesar de todo o estresse deve ser mt divertido estar sempre trabalhando com a criatividade ^^

    bjss

    http://estrela-minha.blogspot.com.br/

    • 30.agosto.2013

      Oi Jé!
      É sim, gosto de mudanças, não aguento muito tempo em algo rotineiro, mas realmente tem horas que é estressante demais, então por isso que disse que tem amar muiiiito! hahahah
      Njs

  3. 30.agosto.2013

    Menina,faço Arquitetura , mas sou apaixonada por Design gráfico, queria muito fazer um curso nesta área, mas afalta de tempo me impede, mas quando der vou fazer sim!!Adorei o post de esclarecimento!!

    Beijos

    • 30.agosto.2013

      Oi Lí!
      O bom é que arquitetura caminha lado a lado com o Design em alguns aspectos, pra você vai ser bem mais fácil.
      Bjs e obrigada! :)

  4. 30.agosto.2013

    Oi, Bru!

    Sabe, quando eu criei o blog, não fazia ideia do que era html, Photoshop, Corel ou que existia um profissional de Design. Com o tempo, fui aprendendo a utilizar o html e o Photoshop e criar uma coisa bacana por lá. E o mais legal é que eu acabei me apaixonando por isso!

    É claro que eu sei apenas o básico, mas a curiosidade surgiu. Fui aprendendo um pouquinho de Photoshop aqui, outro pouquinho ali, e hoje sei usar razoavelmente bem. Estou tentando aprender a usar o Corel agora. Realente, se sobrasse tempo (o que não está acontecendo!!!!!!) eu adoraria fazer um curso de Design.

    AMEI o post! É uma profissão que me encanta, sabe? E é legal aprender um pouquinho sobre ela… Vi seu portfolio e adorei! Meus parabéns por criar coisas tão lindas!

    Um beijo,
    Inara
    {www.lerdormircomer.com.br}

    • 30.agosto.2013

      Oi Inara, pra vc que já tem uma habilidade com os softwares, então seria muito interessante mesmo o curso de Design para aprender os conceitos e também como eu disse ir atrás dos livros da área, pois só a faculdade não forma designer na minha opinião. É muito estudo, muito investimento!
      Bjs e obrigada! :)

  5. 30.agosto.2013

    Bruna, também sou designer (sou quase kkkk, to na faculdade ainda de DG)… Gostaria de saber como você conseguiu tantos trabalhos para empresas importantes… Beijão, amei o post!

    • 30.agosto.2013

      Oi Maria Eduarda!
      Na verdade quando eu decidi sair da gráfica onde estava, comecei a procurar as agências que me interessavam e ia olhando os portfolios e clientes que eles já tinham. Não queria entrar em uma agência com clientes desconhecidos, queria algo maior, e como na gráfica eu já tive a oportunidade de criar para clientes grandes como M&Ms, Arroz Camil, TAM, entre outros, ficou mais fácil quando as agências viram o meu portfolio.
      Mas a dica que eu dou é mesmo que vc não tenha tido a oportunidade de fazer um portfolio legal em uma empresa, faça peças fantasmas, crie vc mesma e coloque tudo de melhor que vc possa oferecer!
      Beijos e obrigada!

  6. 30.agosto.2013

    Bru, quatro anos de curso? nível superior? Porque aqui no Ceará é nível técnico e duração de dois anos e meio!

    • 30.agosto.2013

      Sim, fiz 4 anos de curso e nível superior e depois ainda extensão e ainda quero fazer uma pós maior! hehehe
      O nível técnico é um ótimo começo tb, mas acredito que não tem todo o conteúdo de uma faculdade. Mas de qualquer forma como disse, só faculdade não forma ninguem, se não tiver empenho e correr atrás de livros da área e td que falei, não adianta só ir assistir aula! Espero ter ajudado!
      Bjs

    • 12.setembro.2013

      Uai,vou fazer Design grafico mas é superior (Tecnologo-Faculdade Senac)e não tecnico,oq me fala sobre o mesmo?

  7. 30.agosto.2013

    Gostei muito da postagem, dos esclarecimentos e principalmente do seu portifólio. Parabéns!

  8. 30.agosto.2013

    Muito bom o post!! Assino em baixo em tudo oq vc disse! :)

  9. 30.agosto.2013

    Bru, amei o post! Já li umas 500 vezes! Hauhauhaua. Tenho uma dúvida, você aconselha entrar numa faculdade direto ou fazer um curso técnico antes? Ou deixar o curso técnico pra depois? Porque aqui perto de casa tem uma escola que oferece o curso de comunicação visual e dura 2 anos e eu tava pensando seriamente em fazer!
    Descobri que sou completamente apaixonada por essa profissão! :’)))

    Beijoca!

    • 30.agosto.2013

      Hahahaha ai que bom Brenda!
      Bom eu nunca fiz curso técnico então não posso dizer muito.
      Mas se você tem certeza que vc quer ir pra essa área, eu já faria a faculdade direto, até mesmo porque no mercado vc se destaca mais sendo um profissional de nível superior, enquanto técnico pode ser que vc fique só no nível assistente, sabe? Mas se não tem certeza ainda, o técnico dá uma boa base, acredito!
      Bjs e obrigada! :)

  10. 30.agosto.2013

    É como Secretariado. Qualquer pessoa diz que é Secretária Executiva sem ter passado por curso superior.
    E Secretária do lar não existe!

  11. Mayra
    30.agosto.2013

    Oi Bruna!!! Te mandei uma mensagem no facebook há uns dias atrás, vc viu?
    Beijos!!

    • 30.agosto.2013

      Oi Mayra, não vi não. Putz tá difícil dar conta de tantas redes sociais, por isso prefiro que os leitores escrevam aqui nas postagens atuais pois sempre respondo aqui!
      Bjs ;)

  12. 30.agosto.2013

    Bruna, muito bom seu post!
    Estou no 6 semestre do curso de Desgin e vejo muito do que vocês disse!
    Clientes pedindo tudo pra ontem, pessoas trocando a profissão com o profissional e sem contar as pessoas formadas em outras áreas que se intitulam Designers (muuuuito comum).
    Parabéns, pelo seu trabalho é lindo! Beijos

    • 30.agosto.2013

      Hehehe sei bem Naiara, publicitário que diz que é designer e por aí vai heheheh
      Bjs e obrigada!

  13. 30.agosto.2013

    Oie eu também sou designer gráfico ,( bom , é que eu acho que sou ne srsr ) . Eu não sou daqueles designers que a pessoa olha a arte e fica boquiaberto tipo nossa que trabalho maravilhoso!

    Aqui em SP principalmente a concorrencia é enormeeeee , porque tem designers muuuito bons mesmo que dariam de 10 a 0 em mim .

    Lembro que sempre foi meu sonho trabalhar em uma agencia , (morria de vontade de trabalhar na CAPRICHO srsr) criei um portfolio digital e impresso e um toy art bem legal e uma agência me contratou como assistente de arte .

    Infelizmente só me permitiram ficar 3 meses ,depois me demitiram dizendo que eu não era quem eles pensavam que eu fosse O.o . Pra mim acho que ele quis dizer que eu não era boa suficiente para eles. Me pagando um SALARIO MINIMO , eu duvido que um designer meeega profissional aceitaria um trabalho por esse valor ou seja , por esse valor eles deviam ter noção de que eu não era esses meeeega designers.

    Eu estava super feliz em estar lá tinha esperança de crescer muito. Foi uma surpresa pra mim a demissao , eu fiquei super chateada por isso =( .

    Hoje em dia eu trabalho por conta e tb sou web designer , e desejo não ficar presa nessas agencias . Pela experiencia que eu tive reparei que tem muitas agencias que se acham as tais , os melhores do mundo , eles querem que o designer trabalhe alem do seu horario , faça inumeras coisas para pagar uma mixaria , 600,700 sendo que o coitado do designer pagou uma fortuna pra estudar .

    • 30.agosto.2013

      A maior parte é assi mesmo Lu, sem horário pra sair e não querem pagar o que teriam que pagar para ter um bom profissional. Mas por isso que sempre digo, se os designers não aceitassem, nenhuma faria isso. Mas infelizmente as pessoas precisam trabalhar e acabam aceitando. Espero que isso mude um dia hehehe
      Bjs

    • 30.agosto.2013

      A só uma coisa eu tinha te deixado um recado na sua fanpage e no seu face pessoal mas você não viu ainda . Poderia ver e analisar o que você acha do que te pedi? Prefiro não falar por aqui . Se tiver e-mail para que eu te envie pode ser também !

  14. 30.agosto.2013

    Bru, que ótimo o post! Ando pesquisando sobre essa área, mas acho que não é a minha praia, rs. E achei engraçado no finalzinho você falar de “designer de sobrancelha” rsrs.. pq os cursos vendem isso né? A propósito vou começar esse curso agora em setembro e assim que eu me formar eu falo o que? Profissional de sobrancelhas? kkkkkk :D

    • 30.agosto.2013

      Obrigada Joyce!
      Putz, eu não sei o nome pq nunca entrei no assunto a fundo, mas designer eu sei que não é mesmo heheheh
      Como disse design gráfico é projetar, estudar e resolver um problema de comunicação… por isso nunca entendi o porque das pessoas terem pegado a palavra design só porque é bonitinha/cool/chique pra usar em tudo hahaha :D

  15. Rafa Fuzzo
    30.agosto.2013

    Oi Bru.

    Dá uma olhada nessa tirinha. Lembrei de vc na hora hahaha

    http://www.savronnoseuquadrado.com.br/post-ver/-53-encontro-de-designers/85/

    Bjss

  16. 30.agosto.2013

    Sabe pq te admiro, pois tudo que vc fala parece que tem um carinho especial, uma sensibilidade, não sei descrever, mas você nos passa coisas boas.

    Também sou formada na área , fiz Design com habilitação em interfaces pelo SENAC, porém encontrei certa dificuldade com a parte de programação e hoje trabalho com marketing, onde me identifico muito.

    Sucesso!!!
    Beijos

    • 30.agosto.2013

      Design de interfaces é bem legal tb né Ana, mas realmente tb não nasci pra programação hahaha
      Bjs e sucesso tbm!

  17. 30.agosto.2013

    Concordo e discordo. Um bom designer não precisa de faculdade pra ser bom. Designer precisa antes de tudo ter dom, TALENTO. Tem que ser artista desde que nasceu. A faculdade ensina teoria e pratica, mas não ensina a ser criativo, pq isso vem de dentro. E existem hoje muitos designers formados em faculdade que não tem talento nenhum.
    Acho legal levantar a bandeira de que não é qualquer um que mexe com photoshop é designer. É por isso que vemos tantos trabalhos horríveis no mercado.
    O segredo do bom designer é valorizar o próprio trabalho e desta forma separar o amador do profissional. Sempre haverá clientes para um bom designer.
    Bjuss.

    • 30.agosto.2013

      Então Juliana, apesar da arte estar relacionada com a profissão, eu não considero o designer um artista sabe? Porque o intuito da profissão é projetar, resolver problemas de comunicação, por isso mesmo ele surgiu do Desenho Industrial, mas como o Design Gráfico une o visual então a arte acaba entrando um pouco sim na carreira, mas ainda acho que artista é uma coisa e designer é outra!
      Como disse no post faculdade não forma ninguém se a pessoa não ter bom senso visual e correr atrás de aprendizado extra. Vi amigos da minha classe que nunca nem trabalharam na área e se formaram na faculdade, então realmente não é a faculdade que faz o designer. Mas acredito sim que sem ela um designer nunca será completo, pois só quem cursa uma sabe a experiência e a vivência que ela nos dá. É o mesmo como em outras carreiras onde se tem muitas etapas de aprendizado pra percorrer como: advogados, engenheiros, arquitetos, dentistas, etc…
      Um beijo!

    • 30.agosto.2013

      Gosto de arte, respiro arte, seja ela digital ou manual, sou de uma época onde ainda se desenhava com lápis e papel, por isso me considero artista antes de ser designer, mas infelizmente no Brasil não se vive de arte. Então por profissão, me tornei designer. Passei por todas as etapas… gráfica, agencia… e então, há 9 anos e meio abri minha própria empresa, acabei me formando em web design, que é a área que atuo, mas pra mim faculdade foi uma decepção.
      Fico triste quando vejo alguém sem talento entrando na área por dinheiro ou até mesmo pela facilidade que você citou, hoje qualquer um é designer.
      Respeito muito tudo que você disse e concordo com quase tudo, exceto o fato de que não me sinto uma designer incompleta pelo fato de não ter feito faculdade de design. Até porque nessa área, aprendemos todos os dias, mudamos todos os dias, por isso não acho que a profissão se compara por exemplo, com engenharia, dentista, etc. Acho que faculdade é apenas um complemento, uma base, ela por si só não faz um designer.
      Pra finalizar, temos pontos de vista diferentes mas respeito muito tudo que disse, afinal, o mundo seria sem graça se todos designers pensassem igual.
      Acompanho sempre seu blog e adoro suas dicas!
      Bjuss

  18. 30.agosto.2013

    Bruna, parabéns pelo blog! Sou visitante assídua, toda semana estou aqui, adoro suas dicas, seu dog e looks. Adorei o post sobre Designer Grafico, me fez pensar sobre. Tenho um blog, o http://hsdyvas.blogspot.com.br/, não é nada muito profissional, mas falo sobre o que gosto e faço maquiagens. Obrigada por compartilhar seus conhecimentos com a gente! Sandrynne Guimarães.
    Meu e-mail: sandrynne_carla@hotmail.com

  19. 30.agosto.2013

    Oe Bruna, seu post ficou super claro e objetivo. É uma profissão maravilhosa que se eu soubesse desenhar, com certeza iria seguir ela! Parabéns pelo sucesso, continue criando e inovando lindamente!

    Chá de Calmila
    FAN PAGE

    • 30.agosto.2013

      Oi Ca, como disse não precisa ser expert em desenho não, até mesmo porque na faculdade ensina tbm o básico!
      Mas tem que ter alguma noção sim, e ilustração não é item obrigatório para um designer não!
      Bjsss e obrigada viu!

  20. 30.agosto.2013

    Oi Bruna, você é d+!

    Post super esclarecedor, ainda mais para uma Advogada. ahahaha

  21. 30.agosto.2013

    Muito bom!! Me ajudou muito, principalmente agora que eu tenho que fazer as inscrições para os vestibulares… Quero trabalhar com criação, seja com Design Gráfico, Artes Visuais, depois Animação.. ilustração..

    Terminei o curso de comunicação visual na etec, me ajudou muito também, mas não sei se conseguiria trabalhar em uma gráfica, sou muito tímida. E esse meu defeito é o que mais me preocupa, por ser uma área que tem que saber lidar com os clientes.

  22. 01.setembro.2013

    Olá, Bruna, que grande nada, explicou direitinho… é bom para quem está de fora entender um pouquinho da profissão. Esses dias mesmo (que eu mudei de hospital) eu comentei lá no blog que tinha a maior vontade de falar um pouco mais sobre a profissão farmacêutica(que eu amo!) pois fico para morrer quando alguém me pergunta: “ah, vc é farmacêutica? e faz o quê? fica lá no balcão da farmácia?” Ah,vc é obrigada e dar aquela respirada e falar “não, aquela pessoa lá é o atendente da drogaria, ele só está lá para vender”. Eu estudei 4 anos, fiz pós etc e o cara só tem o segundo grau….
    Foi o que eu lembrei quando vc escreveu designer de bolo, de sombracelha hahahahaha, hair designer. De onde as pessoas tiram essas ideias?? rs enfim….
    bjo

  23. 01.setembro.2013

    Oi Bruna

    Sou graduada pela UNI-Rio em Cenografia e tenho interesse em ingressar em Design Gráfico. Você indicaria um curso técnico ou uma faculdade neste caso? Conhece cursos bons aqui no Rio de Janeiro?

    Excelente post!!! Abriu meu olhar!

    Bj
    Renata

  24. 01.setembro.2013

    Post esclarecedor!! Mas ainda acho que você foi muito boazinha, ou eu que tenho uma pespectiva ruim por Brasília ser meio difícil nessa área!! hahaha

    Faço desenho industrial, vai mudar pra design ano que vem! Mas acho DI mais chique pra falar pra gente mais velha, você não acha? hahahahaha

    Bjos!!

    Geleia de Xuxu

  25. 02.setembro.2013

    Oiiii.. Muito bom seu post.. Muitas dúvidas esclarecidas.. Parabéns pelo seu blog, sua profissão e seu carisma.. Beijos e sucesso!!

    http://www.bycheilaoliveira.wordpress.com

  26. 02.setembro.2013

    Bru, super esclarecedor! Também sou designer e, desde pequena, já tinha meu portfólio! Fazia capas de caderno com recortes, unhas postiças decoradas de papel, já fiz até uma manjedoura com a sagrada família e os três reis magos, tudo com papel, cola e lápis de cor! Minha mãe pirava, porque eu sempre ficava “picando papéis pela casa”!

    Assim como você, comecei em uma gráfica e elas são, realmente, as melhores escolas para um designer! No entanto o pessoal que está começando tem muito preconceito. A maioria quer começar em agência, acha feio trabalhar em gráfica, coisa de micreiro! Talvez por isso há tantos profissionais despreparados no mercado!

    Também me chateia muito a banalização da profissão! Na faculdade a primeira coisa que aprendemos é que design não é arte, design é projeto e solução visual! A arte é criada para despertar emoção, uma peça gráfica é criada com o objetivo de solucionar algum problema de comunicação visual. Uma obra de arte expressa, uma peça de design gráfico comunica com um objetivo específico. O problema é que micreiro nenhum sabe disso, porque não estudou para tal… No design a experiência e os softwares são apenas uma ferramenta que facilita o trabalho, a teoria é fundamental sem ela não existe design! Trabalhamos com a criatividade, mas ela está limitada ao conceito do produto e, quem não tem teoria, quase sempre cria peças sem projeto e sem conceito!

    Adorei sua postagem! Também estou na torcida pela regulamentação da profissão e criação de um sindicato, que estabeleça uma faixa de cargos x salários e carga horária máxima! Merecemos, né?

  27. 16.setembro.2013

    Oi! Eu sou formada em design Gráfico, adoro essa área, mas nunca consegui sequer um estágio, nunca tive experiência na área, o que me frustrou… Nunca tive oportunidades de aprender na raça, todas as empresas pedem domínio em vários programas, então estou vendo outra área para mim. Não foi por falta de correr atrás…
    Que bom que você se deu bem, fico feliz.

  28. 21.setembro.2013

    Ai quando vi o site do Celso Kamura no seu portfólio dá até emoção. *_*
    Sou formada vai fazer 2 anos, tive um estágio e um trabalho em uma empresa que nem era carteira assinada como designer e fui exigida como múltiplos profissionais. Saí de lá e fui pra uma agência “falsa”, de trabalhos de baixa qualidade e eu acabei saindo de lá.
    Espero ainda poder desenvolver trabalhos super bacanas pra gente conceituada assim como você.
    Parabéns pela postagem. Você explicou muitas verdades. ;)

  29. 25.outubro.2013

    oi muito bom tudo que você falou, estou querendo fazer o curso mais estou sem grana , achei um de graduação tecnológica na unisantanna, gostaria de saber a sua opinião já que é uma profissional formada e já trabalha na área, desde já obrigado.

    E-mail Paulo_rp15@hotmail.com
    Paulo rodrigues xavier

  30. 27.outubro.2013

    Ficou ótima sua explicação parabéns, um dia todos entenderão o que somos!!

  31. Leane
    27.dezembro.2013

    Parabéns que talento.

  32. jessica
    30.março.2014

    Designer GrÁfica, também não existe, a palavra não tem variação de gênero, masculino ou feminino. No resumo do seu blog vc se intitula designer gráfica, vc [e designer gráfico mesmo!

    • 31.março.2014

      Eu sei Jessica, mas isso foi falado até na faculdade que na conjugação do português não existe mesmo, mas o mercado de Design já incorporou no dia-a-dia e eu vou continuar falando designer gráfica pq não gosto da outra forma não! :)

  33. Ruan
    31.março.2014

    Meus Parabéns Bruna! Blog perfeito e post muito bom! Estou cursando o 1°semestre em Design Gráfico, e estou amando muito, amo oque faço, sempre amei! Quero começar a fazer um portfólio pra mim também.. Espero que fique tão bom quanto o seu :D

    • 31.março.2014

      Oi Ruan, obrigado! :)
      Com o tempo vc vai formando um portfolio legal, nada como o treino e experiência! Boa sorte! :)

  34. Dana
    11.abril.2014

    Olá!
    Curti muito seu blog >…<

  35. Dana
    16.abril.2014

    Bruna graças a sua ajuda e algumas pesquisas, já me decidi aonde quero fazer o curso superior de design. :)

  36. Gustavo Duarte
    25.junho.2014

    Tenho 33 pra 34.
    Bom, resumindo bastante nunca tive grana pra começar e tal, sempre tive que trabalhar em outras coisas, enfim.
    Estou velho para a area de Design Grafico?

    obrigado

  37. 01.julho.2014

    Olá!
    Olha, foi Deus que te mandou viu, rs…
    Hoje, cheguei em casa, “puto” desculpe a palavra, rs… Estudo Design grafico, fui para o segundo semestre, amo… Com muitooooo custo, consegui um estagio (sonho), rs… SQÑ! Tem semanas que estou la, cai de paraquedas… Uma agencia de publicidade, pequeno porte, top (pelo pouco, quase nada, conhecimento no ramo), enfim… Conheço o BASICO de Ps, Id, Illustration…. Enfim…
    Estou APANHANDO para criar peças, posts para pag. de clientes (a agencia gerencia algumas pag. no fb)… Ai comecei a criar (aprendendo), cara pra fazer “algo simples” levo anos… Me frusto muito…
    Queria saber se é normal??? rs…
    Leu seu post no blog, adorei… Clareou muita coisa, quase pensei em desistir, rs… Mas, nao sou desses, sou teimosooo, rs…
    Enfim, queria mais dicas, opinioes… Tenho poucos para pedir tal auxilio… Busquei no google, algo sobre… E cheguei ate vc…
    Se puder me ajudar…
    Um abraço!

  38. Marina Rodrigues
    01.agosto.2014

    Oie Bruna amei o post! Quero ingressar e estou fazendo muita pesquisa sobre na área e sua explicação foi uma das melhores e bem realistas!!
    Porem tenho uma duvida e gostaria que você me esclarecesse se possível, minha paixão sempre foi mexer com cores, posicionamento de imagem, muito visual e pelo o que eu entendi não é bem isso o curso né? Isto vai mais pro lado Industrial? Me da um heeeeeeelp!!! hahaha

    Beijoss amei o blog.

  39. Erika Arruda
    25.agosto.2014

    Oi Bruna,adorei esse post,que apesar de querer fazer esse curso eu sou meia leiga no assunto,pois não conhecer ninguém que faça o curso,me esclareceu mt coisa,só que me restou uma dúvida,já trabalhei em uma gráfica,mas no processo de vendas,mas eu amava ver o designer criando,gostaria de montar banners,logos e fotos produtos,mas eu gostaria de conhecer e estudar a história do desing tbm,só que eu não sei nem desenhar bonequinho de palitinho e pesquisando sempre vejo que desenhar é preciso para esse curso,me desanimei,pois sempre tive esse curso em mente,pois quero trabalhar com isso e gosto,amo fotografia,mas n me vejo trabalhando como fotografa,e sou péssima em matemática e português kkkkk. Será que mesmo eu não sabendo desenhar nada é um erro eu fz desing grafico,me ajuda kkk e desculpa pelo texto enorme ahaha

    • 26.agosto.2014

      Oi Erika, na minha opinião vc não precisa saber ilustrar, mas desenhar pelo menos uma forma, alguma ideia é legal pra ajudar o ilustrador, sabe? Claro que não precisam ser desenhos perfeitos, mas pelo menos roughs (rascunhos) seria interessante ter uma noção. Mas conheço designers que ficam somente no computador e dá tudo certo tbm! ;)

  40. Dafny
    20.setembro.2014

    Oi Bruna, eu tenho 15 anos e há uma possibilidade de que eu me torne uma designer, eu venho lendo coisas sobre e até já estou fazendo um cursinho (meio básico) de Design Gráfico, já que na minha idade n dá pra mim fazer muitas coisas rs.
    Então, eu licoisas que eu gostei, mas também li coisas que me preocuparam, como a dificuldade para arrumar um emprego, é muito difícil mesmo ou essa profissão esta tomando dimensões maiores?

  41. 28.setembro.2014

    Olá flor, amei o seu post…foi muito bom pra mim. Eu tenho curso na área administrativa e já trabalhei durante quase 10 anos em uma empresa e amava o que fazia. Durante o tempo que estava lá fiz Segurança do Trabalho e pedi demissão da empresa para me aventurar na nova área…mas tive 2 terríveis esperiências e vi que não é isso que quero. Acontece que já faz 2 anos que estou nesse mundo de blog e cada dia mais encantada e com muita vontade de aprender tudo sobre design (layout, logotipo, cartão de visitas, etc) e estou pensando em fazer uma faculdade em designer gráfico, mas estou com medo por já ter 30 anos e o mercado de trabalho não me proporcionar oportunidades, meu foco é trabalhar com frrelance mas para isso vou precisar fazer estágio e me aperfeiçoar. Vc acha que é loucura eu fazer o curso? Será que terei oportunidades? Estou com muita vontade porém com medo. Bjo

    • 28.setembro.2014

      Nena, se este é o seu grande sonho vá em frente e acredite! Nunca é tarde pra começar… ;)

  42. Heitor
    02.março.2015

    Bom dia Bruna,
    Gostei muito do seu post, me formei como técnico em processos gráficos pelo SENAI no final de 2014, fui aprendiz em uma gráfica de grande porte do ramo de embalagens [segunda maior da america latina, Ibra…, vc deve saber qual é ;)], estagiei em todos os setores da produção (pré-impressão, offset, corte e vinco e por fim colagem) e realmente a maior dificuldade e problema que se encontra na pré impressão é os arquivos recebidos com erros dos mais diversos (infelizmente não tive a oportunidade de trabalhar com os softwares mas conversa vai conversa vem, no fim os designers acabavam contando as coisas surpreendentes q os clientes tinham [ou melhor, q as agencias de publicidade e propaganda faziam para eles]). Apesar de não ter nenhuma experiência profissional com os softwares, tenho experiência de usuário e a fornecida pelo SENAI q da uma boa base. (recomendo o curso para todos q quiserem) Estou com 18 anos e pretendo fazer design de produto para entrar no ramo automobilístico, porém ainda to pensando muito, a mudança é muito grande e to tentando aprender a desenhar carros kk. Parabéns pelo post e pela profissão que realmente não é fácil. Bjs ;)

  43. 25.agosto.2015

    Olá Bruna, eu gostei bastante do seu post, já que quero cursar Design gráfico na faculdade o ano que vem. Adoro arte, criar peças com criatividade, combinar cores e desenhar. Sempre amei desenhar.
    Primeiro pensei que deveria fazer publicidade, mas acabei percebendo que Design tem muito mais a ver comigo. Eu só tenho uma grande dúvida, que me deixa com um pouco de medo de seguir essa faculdade, que é a de se eu vou conseguir usar os programas. Na verdade eu não sei mexer em Photoshop, nem Illustrator, nem nada. Em alguns trabalhos que eu fiz para a escola (sempre fico na parte de criação do grupo) dei um jeito de fazer as coisas sem esses programas, mas sei que são muito importantes.
    Só não sei se na faculdade eles realmente vão ensinar como usar os softwares (dizem que sim, mas não sei não…), ou se vão dar só uma passada básica e eu que me vire depois pra aprender. Quero fazer esse curso porque realmente gosto de tudo que tem relação com arte e de criar layouts e visuais.
    Só que tudo que sempre fiz de melhor, era à mão mesmo, porque sempre me dei melhor com trabalhos manuais do que computador. Mas sei que vou gostar e pegar a prática quando aprender melhor a usar os softwares.
    Tenho algumas dúvidas, e ficaria muito feliz se você pudesse me ajudar.
    Na faculdade vocês trabalham, na maior parte do tempo, no computador? Eles ensinam softwares?
    É muito difícil essa parte que você falou de provas, fotolitos, fechamento de arquivo, etc? Eu ouço muito dizer que designer trabalha de freelancer, mas eu gostaria mesmo de um trabalho mais estável e fixo. Isso é possível nessa área?
    Muito obrigada!
    Um beijo!

  44. 03.setembro.2015

    Oi Bruna, tudo bem? Estava procurando mais sobre Design Gráfico e achei o seu post. Adorei as informações que você passou nele e cada vez tenho mais certeza de que é isso o que quero ver. Apesar do post ser antigo queria agradecer pelas informações. (Ah, e não conhecia seu blog, vou dar uma olhada melhor.) Um beijo!

  45. Emily
    09.novembro.2015

    Minha profissão dos sonhos é me torna Designer Grafico!
    Amo fazer edição, inventar coisas novas e criatividade é oque não falta!
    Amei Demais seu Blog! <3

  46. 14.janeiro.2016

    MUITO obrigada por esse post, de verdade! Tenho muitas dúvidas sobre a profissão e seu texto ajudou muito.

  47. Fabio
    23.maio.2016

    Olá, queria saber onde paga R$ 8000,00, em terras brazucas…acho meio difícil amigão, vejo DGs ai andando de buzão e ainda ganhando uma merenda de r$ 1200,00 CLT….pra você ter uma idéia ,ninguém que pagar um desenvolvimento, os freelas…passam longe , pois tem cursinhos de merda que banalizaram a profissão, trabalhei na manchete e algumas outras empresas, meu último salário no regime CLT foi de r$ 1800,00 em 1998 ou seja ganhava quase 14 salários na carteira, hoje as maiorias de empresas que fazia freelancer faliram e algumas estão a vias de fechar as portas, com a globalização a internet tem um acervo público muito grande que acabou gerando parasitas sem talento algum, as faculdades só querem faturar e colocar sonhos em suas cabecinhas de aspirantes a designer…..Que acham que terão um futuro , mas, não terão, a tendência é daí para pior, já vi designer trabalhando em lojas de conveniência de posto de gasolina, para complementar a renda…..Pensei antes de embarcar nesta profissão, pois os que realmente ganham r$ 8000,00 podem ter certeza que tem até doutorado em ocultismo e Phd em outra coisa, ou seja um profissional de peso formado na ESDI Escola Superior de Desenho Industrial. Saudades quando tudo era limitado, só os bons sobreviviam, hoje, só os parasitas r$ 800,00 até r$ 1500,00 CLT Bruto fora o liquído ” descontos”.

  48. joao vitor
    20.junho.2016

    bruna meu nome e Joao vitor, gostei do seu post muito legal as coisas que voce falou , trabalhei 4 anos em empresas de Design Grafico e procuro fazer uma faculdade pensei em varias coisas mais nada me agradou a nao ser o Design Grafico tipo nao fiz curso nem nada apenas aprendi a adesivar a saber de artes a fazer arte com pessoas que trabalhavam comigo,e gosto dessa parte sabe criaçao de artes logo tipos hoje nao trabalho com em empresa de design mais penso em fazer essa faculdade mais oque posso fazer para que posa ter mais criaçoes mais ideias ? kkkkk meio dificil a pergunta neh mais me ajuda to pensativo to pensando em iniciar um curso para aperfeiçoar mais por favor me de uma ajuda kkk obrigado pela atençao qual quer coisa me envie a respota via email jhonisantos8@hotmail.com ou joao.vitor3@icloud.com obrigado !

  49. Grazi
    09.julho.2016

    Ótimo texto

  50. Felipe
    24.agosto.2016

    Olá, bela página, então, sou muito criativo mas estou na dúvida, você aconselharia fazer um técnico na área de design?

  51. Pri
    19.setembro.2016

    Oi, uma dúvida que eu tenho… Será que se eu fizer faculdade no período da manhã, irei conseguir estágio com a mesma “facilidade” que eu encontraria se fizesse no período noturno?!

  52. Guilherme Buzatto
    20.setembro.2016

    OI OI! Bom, eu penso muito em me aventurar nessa área de DG, Só que existem certos medos, sabe? kkk, por exemplo, se eu pego um desenho já feito, consigo reproduzi-lo facilmente, tenho dificuldades imensas em criar minha propia arte ou desenho por assim dizer, significa que essa carreira não está ao meu alcance? ou dentro da faculdade a gente aprende, vai amadurecendo a forma de pensar e surge uma mente criativa? kkkk. Tenho 17 anos e sinceramente, escolher uma profissão está me deixando louco. Tenho medo das coisas não serem como penso, ou de não ser qualificado para tal área. Post antigo, mas espero que alguém responde!

  53. Gabriel Duarte
    09.outubro.2016

    Oi Bruna, to fazendo faculdade de Design Gráfico aqui no Rio de Janeiro. Sabe me dizer como esta o mercado de trabalho nas outras regiões do país ?

  54. lidio Rocha
    31.outubro.2016

    Muito bom seu post. Estou estacionado na minha profissão. fiz o curso de corel já realizo alguns trabalhos mas tudo ainda pequeno; tenho uma confecção tbm mas ta complicado perdi o foco e não estou conseguindo desenvolver gosto do que faço mas me perdi.

  55. 10.novembro.2016

    OI! gostei muito do seu post. Estou pensando em fazer Design Gráfico em Belo Horizonte, na UEMG… me interesso pela área e tudo o mais, acho que ficarei satisfeito com essa escolha. Mas, estou com medo de não conseguir me manter financeiramente.. de ganhar pouco e não conseguir realmente usufruir dos frutos do meu trabalho e passar anos apenas pagando contas… o que você acha? como foi pra você nesse sentido/ quando começou a trabalhar… passou por uma situação de achar que só estava conseguindo pagar contas e nada mais? e hoje, com a experiência e um portfólio tão diversificado, como está a questão financeira/ você consegue ter uma vida confortável, ou precisa de muito sacrifício, abdicar de coisas que gostaria para juntar o dinheiro?

  56. 10.novembro.2016

    OI! gostei muito do seu post. Estou pensando em fazer Design Gráfico, mas estou com medo de não conseguir me manter financeiramente.. de ganhar pouco e não conseguir realmente usufruir dos frutos do meu trabalho e passar anos apenas pagando contas… o que você acha? como foi pra você nesse sentido/ quando começou a trabalhar… passou por uma situação de achar que só estava conseguindo pagar contas e nada mais? e hoje, com a experiência e um portfólio tão diversificado, como está a questão financeira/ você consegue ter uma vida confortável, ou precisa de muito sacrifício, abdicar de coisas que gostaria para juntar o dinheiro?

  57. Juliana Nunes
    11.dezembro.2016

    Como faço para saber se sirvo para área? Como descobrir se tenho alguma vocação ou se só apenas eu queria ser um Designer Gráfico? Eu estudo para concurso, sou formada em gestão pública, acredito ainda não ter me encontrado profissionalmente. Quero concurso por questão de estabilidade. O que sei dizer é que eu curto imagens que falam por si só, que passam mensagens profundas apenas com a imagem sem nenhum texto, portanto acredito eu que eu possa gostar de comunicação visual. Não sei nada de desenho e não sei se sou criativa, acredito que não, então não sei e tenho muito receio de entrar em um curso de cara e ver que todo mundo lá desenha ou que muitos desde de criança ou mais jovens já sabiam que era essa área que queria e eu lá um peixe fora d´água, Enfim gosto muito de fotografia, meu pai era fotógrafo e gosto muito dessa parte de comunicação visual, mas não sei se eu iria gostar de mexer com os softwares da área, não sei se levo jeito, sei que eu queria editar vídeos, imagens, enfim… pode me ajudar? com o pouco do meu perfil que lhe passei? O que é preciso para saber se tenho vocação para a área. Ah! Amo dança também, acho que a dança é uma arte é assim que a vejo, tanto dança como fotos, então tem um lado meu que eu cismo que parece gostar de artes, mas eu não pareço ser a princípio uma pessoa com aquele perfilzão de quem é da área de design. Então pode me ajudar?

    Sou Juliana Nunes
    Aguardo contato, obrigada!

  58. Marcos
    19.dezembro.2016

    Oi,adorei o post estou cursando o ensino médio e logo logo estou indo pra faculdade, e depois de um longo período de procura descobri que gosto de design gráfico! Seu site me ajudou bastante a entender melhor a profissão, sou do Rio de Janeiro e espero conseguir construir minha vida com essa profissão, isso é possível?

  59. Alexandre
    15.fevereiro.2017

    Esclareceu bastante mas queria saber se geralmente é mais gente nova tipo 16 por ai que procura começar a fazer esse curso ou tem de todo o tipo de idade?!!rs

  60. Bárbara
    28.fevereiro.2017

    Olá! Gostaria de saber se é preciso matemática na área, eu sou péssima, ainda tô escolhendo oq eu vou fazer, queria arquitetura mas como sou ruim tô desistindo, aí estou pensando em fazer artes visuais, e vim pesquisar sobre design gráfico, gostei, mas quero saber se tem matemática.

  61. Ana Karoline Leite Valadão
    02.março.2017

    Oi Bruna, primeiramente quero dizer que adorei seu post.
    Me formei recentemente em psicologia e sou fascinada por arte e design, porém não tenho condições financeiras de fazer um curso. Meu sonho é estudar, eu adoro estudar!
    Hoje não estou feliz na área de Psi e quero migrar para o Design, mas por enquanto o único investimento que posso fazer são cursos de curta duração.

    Você poderia me ajudar…indicando livros ,
    Agradeço sua ajuda!

    Ana Karoline
    karoline.valadao@hotmail..ocm

  62. Carolina Devai Madureira
    06.março.2017

    Parabéns por tudo
    achei muito bom
    ,tenho 15 anos e já foi bom eu saber de algumas coisas e como elas funciona,
    mas vou querer fazer a parte a mão,ñ sei que área é essa se alguém quiser me fala…
    Então gosto de desenha e pintar telas de quadro, e sei fazer e executar muito bem essas duas coisas. …
    essa seria minha dúvida, mas bruna gostei muito do que falou isso pode ajudar muito gente, SE PUDER POSTA ALGUMAS COISAS SOBRE ISSO FAZER A MÃO ESSE TRABALHO. ….

  63. Maycon Macedo
    23.março.2017

    Amei o post, mesmo sendo de 2013. Espero que leia… 😅
    Eu era um ser “perdido no mundo” não me situava em nem uma área de nem uma faculdade, a hora de fazer o Enem estava cada vez mais próxima, e eu não aguentava mais a agonia de não saber oque eu queria cursar e de não sentir nem uma atração por contabilidade, direito, medicina ou odontologia (produções que meus pais queriam pra mim).
    Eu sempre fui criativo, muito! Sempre gostei de criar, slá, eu fazia projetos de roupas, por exemplo, de estampas, sempre adorei as cores em geral, tipos de papeis, adorava desenhar, amava papelarias, adorava ver capas de livros, cartazes de filmes, cadernos, etc, as vezes eu chegava ate a criticar e dava uma ideia em cima da original de como poderia ser pra ser melhorada…
    No final do ano passado, fui em uma feira vocacional de uma faculdade da minha cidade (Belém-PA) ate então eu tinha decidido fazer matemática (por que é minha matéria favorita na escola) e la na feira conheci o Design Gráfico, eu fiquei encantado a primeira vista, vi as palestras e me apaixonei!! Pesquisei mais sobre os assuntos e pronto! Ero exatamente oque eu queria fazer pra minha vida. É como se tivesse feito pra mim, se eu tivesse a oportunidade de “criar” uma profissão com a “minha cara” seria Design Gráfico.
    A parte mais difícil, depois que conheci o curso, foi dizer pros meus pais oque eu queria cursar, eles não gostaram tanto da ideia, pos o curso não é tão conhecido, ainda! E por que o sonho deles era sempre ter um filho médico ou dentista como o resto da família. Depois de um tempo eles acabaram aceitando minha escolha, pôs sabem o quanto eu amo essa área, eu expliquei direitinho sobre, e eles entenderam o por que eu tanto gosto de Design Gráfico, ate deles concordaram que eu nasci pra isso. Mas com a condição de que eu iria fazer administração também (até que eu gosto de adm…)

    Desculpa falar tanto sobre essa trajetória longa pra encontrar o Design Gráfico, mas vendo esse seu post eu fiquei mais encantado ainda, me deu mais forças, mesmo com todas as dificuldades que tenho na minha cidade por não oferecerem mais oportunidades pra cursar (aqui so existe uma faculdade publica, nem uma particular, que oferece o curso, eles liberam apenas 20 vagas por ano, e ainda corre o risco de haver extinção do curso por falta de procuras). Você ajudou muito, obrigado, beijão! 😊

  64. Mônica
    21.setembro.2017

    Olá.
    Queria saber se caso eu faça Design, eu conseguiria lecionar em escolas?

  65. Alax Daiane
    15.novembro.2017

    Cara,eu sempre fui apaixonada por design gráfico! Queria que me tirasse uma dúvida, na verdade!
    Eu cresci mexendo em computador, quando meus pais iam trabalhar, eu ficava em casa fazendo diversas coisas. Desde então, eu procurei saber mais, e fiquei apaixonada… maaaaas, eu não tenho criatividade nenhuma, e muito menos sei desenhar. Já fiz um curso básico de design,mas não consegui terminar. Até então, eu não sei se me encaixaria nessa área, apesar de eu admirar bastante. Já ouvi dizer que pra ser Designer, não precisa saber desenhar, mas como falei anteriormente, não sou criativa (na vdd,nunca parei pra perceber isso, porém acho q n tenho!)
    Se puder me tirar essa dúvida, e se não for o caso, me dizer em qual área eu poderia me encaixar (com computação, claro rs!) Obrigada, beijos!

  66. Tainá Teles
    29.novembro.2017

    Olá Bruna, tudo bem?
    Adorei o POST e achei super esclarecedor. Eu estou pensando em cursar DG, porém ainda bate uma insegurança quanto a área. Como está o mercado de design hoje? Acha que vale a pena uma pessoa de 27 anos tentar outra faculdade?

    • 13.fevereiro.2018

      Eu acredito que sim. Estou com 26, faço 27 em outubro e pretendo começar a cursar Design Gráfico em breve. Você já fez faculdade de quê?

  67. Luis Henrique
    19.janeiro.2018

    Gostei do seu site, Olha vou começar no curso de tecnólogo em design gráfico, sou de Recife-PE mas tenho medo de não conseguir um trabalho.. E conciliar essa profissão, com a faculdade de psicologia. (pois está difícil aqui de conseguir emprego, sei desenhar pouco, também usar programas: PS, AI, ID, Corel, Sony vegas, after effects) mas tenho medo de só perder dois anos que poderia está dedicando a Psicologia de verdade porque será 10 anos no total estudando para exercer a profissão que quero.. e até lá preciso de um emprego né, mas não qualquer.. esse foi meu motivo para ser Designer. quando desenhava arte digital para uma editora de mangá aos 15 anos usava uma wacom intuos bamboo, já gostava de arte digital, mas ainda sim, tenho medo, se puder me esclarecer algo ou tirar alguma duvida desde já estarei grato. Está bem difícil decidir. DESCULPA O TEXTÃO

  68. 13.fevereiro.2018

    Bem bacana o seu artigo. Pretendo começar a faculdade de Design Gráfico ainda este ano. Gostei da parte dos estágios, pois quero já focar neles, não apenas pelo dinheiro, mas para adquirir experiência. Porém claro que o dinheiro também será bem-vindo. Você conseguia ter um salário razoável com os estágios?

  69. Ester
    29.março.2018

    Como e onde é usada a matemática?

  70. Leila Monteiro
    14.maio.2018

    Olá, tenho uma dúvida e acho que você poderia me ajudar, na área de impressão digital, o quê pesa mais: a matemática ou os programas?

  71. Beshy
    23.julho.2018

    Gostaria de saber se em alguma cadeira de Design gráfico há matemática.

  72. Ney Chaves
    02.fevereiro.2019

    Olá boa tarde Bruna. Qual curso vc me indicaria, o tecnólogo ou a graduação em design?

    • 15.fevereiro.2019

      Na graduação vc vai ter muito embasamento de artes e design, a parte teórica como gestalt, história da arte etc… que faz todo o sentido para ser um Designer de verdade e não apenas uma pessoa que entende apenas de softwares gráficos… mas a faculdade em si não vai te transformar em um Designer, você precisa correr atrás de aprender os softwares tbm, mas o que diferencia um bom designer de verdade de um designer amador é o conhecimento, o olhar para a estética visual e para as formas de solucionar problemas na comunicação, tendo um papel fundamental para a sociedade!