02  05
2013
Apartamento na planta | apartamento novo | atraso na obra | Burocracia | entrega das chaves | financiamento | primeiro apartamento

Os problemas do atraso na entrega de um apartamento na planta

Hoje no programa Encontro com Fátima Bernardes da Globo passou uma reportagem sobre os problemas que ocorrem quando uma construtora atrasa a entrega de um apartamento na planta.

Achei legal compartilhar aqui, pois sei que a maioria de vocês trabalham fora e não devem ter visto o programa.

Para assistir a reportagem é só clicar aqui ou na imagem abaixo.

Pena que a Globo não colocou no site deles a parte onde as advogadas dão as dicas de como agir quando isso acontece. Mas basicamente é tudo que eu já falei aqui no blog na seção Burocracia. Se você quiser ver tudo o que já rolou sobre isso é só clicar aqui.

Como vocês sabem, meu apê também está atrasado. Era pra ter sido entregue em março/2013 mas mandaram a cartinha dizendo que vão usar a carência de 6 meses prevista em contrato, mas estou aqui torcendo para que consigam entregar antes de setembro. Cruzem os dedos aí pra mim também! ;)

Por sorte resolvi esperar e não marcar a data do casamento, se não eu já estaria quase na mesma situação do casal da reportagem.

Alguém aí está passando por isso?
E se estiver, o que fez para tentar resolver? Entrou na justiça? Reclamou em sites na internet?

Um beijo e boa sorte para quem está no mesmo barco! ;)

Para ajudar ainda mais a esclarecer sobre finanças pessoaisinvestimentos e compra de imóveis, criei uma comunidade que se chama #RumoAoMeuApê. Lá eu envio conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail, totalmente focados em te ajudar na conquista dos seus maiores sonhos. Para fazer parte basta se cadastrar clicando aqui!

26 comentários
Deixe um comentário pra mim!
  1. O meu me venderam falando que era para ser entregue em agosto de 2013. Contei os 6 meses de atraso e daria fevereiro de 2014.
    Até aí tudo bem. Até que eles me ligam falando para ler o contrato que estava escrito que o prazo de entrega é de 27 MESES APÓS A ASSINATURA COM O BANCO (eu tinha visto isso e pensei: “ah, deve ser do dia que a construtora firma um contrato com o banco que será responsável por financiar o apê, tudo bem”) e que como tínhamos assinado o contrato com a CEF em setembro de 2012 o prazo de entrega seria no fim de 2014 + 180 dias = início de 2015.
    Fiquei super brava porque o meu casamento está marcado para julho de 2014!!
    Aí o cara ainda falou no telefone “Calma, moça, pelo andamento da sua obra, provavelmente em dezembro desse ano estará pronto e vão entregar “ANTES” do prazo previsto ¬¬’

    P.S.: comprei o apartamento em outubro de 2011.

    Amanda
    http://casamentofestaeapartamento.com/

    • 03.maio.2013

      Nossa Amanda, que absurdoooo!
      Nossa fiquei pasma ao ler a sua história… :\

    • Agora é torcer para entregarem até dezembro desse ano.
      Porque senão vou casar em julho e cada um terá que ficar morando na casa dos pais, porque não vamos ter dinheiro pra pagar um aluguel, contando que nem compensa comprar móveis para uma casa que nem vou ficar né?
      Muito prejuízo emocional pra gente isso :(

      Amanda

  2. 02.maio.2013

    Pois é, Bruna… eu tô nessa… não consegui ver a reportagem porque bloqueia aqui no trabalho, mas já acionei um advogado pra entrar com um processo contra a incorporadora. Meu apê era para ser entregue em Dez/2012, mas o engenheiro me comentou que está trabalhando com entrega em Dez/2013. Ou seja, pelo menos 1 ano de atraso, afinal de contas, depois de entregue a obra ainda tem o habite-se.
    O advogado vai pedir uma indenização de 1 aluguel médio da região, de imóveis semelhantes ao meu, por mês de atraso. Vamos ver se dá certo, né? Mas sei também que acionar judicialmente a incorporadora não vai acelerar a obra…
    Também não marquei data de casamento por não saber nem se em dezembro entrega ou não… senão ia estar doida… então é isso, essa indenização seria por eu estar adiando meus planos e por não estar com as chaves nas mãos, afinal de contas eu poderia estar ainda morando com meus pais, mas com o apê alugado já, então estou “perdendo” meu lucro no investimento.
    É isso… triste realidade…

    • 03.maio.2013

      Oi Fran!
      Bom que bom que pelo menos vc conseguiu ir atrás, espero que resolva tudo rápido e vc tenha aindenização. E tbm estou torcendo pro seu apê sair logo, aliás os nossos hehehehe
      Beijos

  3. 02.maio.2013

    Oi Bruna, tudo bem?

    Eu passei por esse problema, o temido atraso na entrega das chaves.

    Acredito que a maioria das construtoras fazem uso da tal “carência” contratual, estendendo os prazos ao limite (e quando não, simplesmente os ignorando). Minha experiência foi tão frustante que jamais recomendaria a compra de um imóvel na planta a ninguém.

    No caso do meu imóvel, a Rossi Residencial atrasou a entrega em 9 meses. Como financiei uma parte do valor pela CEF, esse atraso me custou um prejuízo de aproximadamente R$15.000,00 apenas referente ao INCC.

    Quando se fala em atraso, não se trata apenas do atraso em entregar as chaves e todos os problemas decorrentes dele, mas o prejuízo financeiro que esse atraso ocasiona (no caso de quem financia, o INCC continua correndo sobre o saldo devedor do imóvel e se paga muito mais parcelas obra quando se deveria pagar parcela do financiamento caso a construtora tivesse respeitado o prazo de entrega inicial) e o prejuízo emocional decorrente de todos os planos que fazemos.

    Tive calafrios ao ler o comentário da Amanda acima. O contrato de promessa de compra e venda firmado entre o comprador e a construtora é um contrato de adesão, ou seja, um contrato unilateral redigido pela construtora, o qual favorece todos os seus interesses em detrimento ao do comprador e, por isso, totalmente discutível em âmbito judicial. É uma imposição da construtora e caso o comprador queira modificar qualquer cláusula, pode ter certeza que não irá concretizar a compra, pois as construtoras se recusam a alterá-lo.

    É aquela história, o comprador não pode atrasar os pagamentos sob pena de multa e mora, mas a construtora pode atrasar a entrega do empreendimento ou entregar algo diferente do que vendeu? Não mesmo! O grande problema é que para fazer valer nossos direitos, muito provavelmente o comprador terá que procurar o auxílio da lenta e morosa Justiça.

    Vale mencionar também que o atraso deve ser justificável, a construtora não pode simplesmente atrasar a obra por qualquer razão. A demora em aprovar os projetos junto à Prefeitura Municipal ou dificuldades em liberar o capital junto ao banco financiador para dar início as obras não são motivos para atraso da obra, tampouco chuvas ou falta de mão de obra. Esses motivos são entendidos pela Justiça como RISCOS DO EMPREENDIMENTO e não eximem a construtora de pagamento de indenização aos compradores.

    Eu processei a Rossi Residencial não somente pelo atraso, mas também por todos os vícios que o imóvel possui, pelo prejuízo financeiro e emocional que eu sofri. Ingressei judicialmente contra a Rossi há um ano e ainda aguardo pela primeira audiência. Sim, as construtoras também são especialistas em atrasar o andamento dos processos!

    A todos que passam por essa situação, eu recomendaria guardar todas as propagandas e informes publicitários, inclusive matérias de jornal e informativos sobre o andamento da obra (na minha obra, além do informativo mensal que eu recebia pelo correio e o acompanhamento da obra pelo site da construtora, tinha um outdoor em frente ao canteiro de obras onde constava cada fase da obra, o percentual concluído e a previsão de entrega – com base nesses documentos, além do processo, eu formalizei uma denúncia por propaganda enganosa no CONAR). Controlem a ansiedade e a expectativa em ver o imóvel pronto e não acreditem muito nos prazos das construtoras… Eu programei toda a reforma do meu imóvel (é um absurdo reformar imóvel novo, mas…), contratei arquiteta, construtor, marceneiro e comprei todos os acabamentos. Conclusão, demorei muito mais de um ano para utilizar esses serviços.

    Boa sorte a todos!

    Beijos,

    Giu

    • 03.maio.2013

      Nossa Giu, seu comentário foi muito útil aqui! Obrigada!
      Infelizmente isso é mais comum do que se imagina né… eu tbm hoje compraria um imóvel pronto!
      Beijosss

  4. Anonymous
    02.maio.2013

    Meu apê deveria ter ficado pronto em dez/2012, mas só foi entregue em fev/2013. Como estava dentro do prazo de carência, a construtura considera que não houve atraso (ahan!).

    Se a obra atrasa, mesmo dentro do período de carência, seria justo que o prazo pro financiamento fosse estendido na mesma proporção, certo? Só que não!

    Olha o problemão que isso gerou pra mim, que vou financiar o saldo devedor com o banco: se a obra tivesse sido entregue no prazo inicial (dez/2012), teria 4 meses para providenciar o financiamento, cujo vencimento foi dia 01/05/2013; mas como o imóvel ficou pronto em fev/2012, na prática tive só 2 meses e alguns dias pra correr atrás de tudo.
    Pior: em março passei por problemas de saúde e fiquei um tempão sem poder nem trabalhar. Como ia conseguir conseguir aquela montanha de documentos, entregar formulários, e arrumar toda a papelada pro financiamento?

    Agora estou quase concluindo o processo todo, mas o prazo dado pela construtora já está vencido! Ela nem quis saber de negociar esse prazo, e vai cobrar multa e juros altíssimos.

    Por isso, cuidado com esses atrasos! O período de carência serve somente para as construtoras, e elas não compensam a nós, compradores, pela demora na entrega do apê, se estiverem dentro desse período (absurdo!!!).

    Beijos, Bruna!

    Daniela
    dani_redhaired@hotmail.com

    • 03.maio.2013

      Nossa Dani, que abuso!
      Vou ficar esperta com isso então. Obrigadíssima!
      Beijooo

    • Anonymous
      04.maio.2013

      De nada Bruna, boa sorte no seu apê e parabéns pelo blog, tá cada dia melhor!

  5. 02.maio.2013

    Estou na mesma situação! Compramos o apartamento em setembro de 2009 com data de entrega para setembro de 2012. Marquei o casamento para setembro/2012 e, claro, o apartamento nao estava pronto. Minha vistoria estava marcada para hoje, com 8 meses de atraso e chegando lá nao recebi pq ainda tem ajustes a ser feito. Pouca coisa, mas achamos melhor não receber pq assim a responsabilidade ainda é da construtora. Estamos no apartamento da minha mãe, com todos os nossos eletros na sala!! Há 8 meses!!! É revoltante planejar tudo e ficar a ver navios pq as construtoras se acostumaram a atrasar a entrega.

    • 03.maio.2013

      Nossa Bru, caramba ein… tá difícil ver alguém que recebeu tudo certinho e no prazo. Que absurdo!
      Te desejo sorte aí, tomara a vistoria seja ok na próxima!
      Beijooo

  6. Anonymous
    03.maio.2013

    Oi Bruna Sempre acompanho seu blog e Adoro!!! Então estou passando pela mesma situação comprei meu apartamento em setembro de 2010 para entrega de janeiro de 2013, porém até agora nada e o prazo que eles deram novamente é para final de maio… Estou muito ansiosa por que marquei meu casamento para Outubro e programei tudo para estar pronto antes, mas acho que não vai ter jeito. Vou esperar os 6 meses de carencia e se passar disso vou entrar na justiça.

    Ah… Fui em São bernardo ver os Vinilicos eu amei acho que vou fechar com eles.

    Bjus

    • 03.maio.2013

      Ai vou torcer então pra que seja entregue logo, mas nossa como é dificil hj em dia eles entregarem no prazo certo ein… que coisa!
      Ah vc vai fechar lá? Não esquece de mencionar que viu a indicação aqui no blog pra vc ganhar desconto ein!
      Beijooo

  7. 03.maio.2013

    Oiee Bruninhaaaa o casal Diana e Rafael que participaram da reportagem são meus futuros vizinhos e que tbm são da comissão de moradores em que eu e meu marido e outros moradores fazem parte!! E a situação é horrível apesar da minha fase ser a 2ª, mas já avisaram que vai atrasar tbm sendo entregue em meados no ano que vem! Só fiquei chateada pq não apareceu o nome da construtora, mas enfim já é alguma coisa e vamos continuar na luta pelos nossos direitos!! Bjux

    • 03.maio.2013

      Sério Amanda?
      Nossa que mundo pequeno!
      Acho que eles não podem passar o nome da construtora pq se não a Globo pode ser processada tb, sei lá né!
      Boa sorte na sua torre!
      Beijo

  8. 03.maio.2013

    Graaaças a Deus esse é mais um problema que eu não tive! A minha construtora honrou o prazo de entrega e eu recebi certinho!

  9. Comprei meu ap em Março/2013 o prazo foi de 24 meses, estou rezando pra não haver atrasos.

  10. 06.maio.2013

    Olha dá até frio na barriga ver tanta gente desesperada.

    Comprei o meu Ap em Dez/2012, a previsão de entrega é Out/2015.

    E já sei que não vou marcar casamento até sair as chaves realmente, pra não passar sufoco.

    Quanto ao histórico da construtora, eu conheço dois empreendimentos que eles fizeram e entregaram com 2 meses de atraso, o que é um bom sinal né? Mas não estou contando com isso. Na minha cabeça até no meio de 2016 eu esteja com a chaves.

    Mas não é fácil, quanto mais o tempo passa, mais vc quer pegar as chaves né?

    O meu está com previsão pra começar a construir mês que vem, e eu passo na frente direto kkkkk

    Espero que corra tudo bem, se Deus quiser!

    Beijos Bru!

    http://www.doqueeugosto.com.br

  11. Tudo bom Bruna? Meu nome é Karen e sou administradora e infeliz compradora e uma casa prevista pra ser entregue em dezembro de 2013 (comprei em dezembro de 2012), e a data já mudou tantas vezes, que agora está indo pra final de 2015, início de 2016. No total são 5 condomínios, com mais de 2 mil casas no município de Alvorada. O primeiro condomínio (Terra Nova Reserva I) teve atraso aceitável, o II teve atraso de 4 anos, e já está sendo entregue.
    A média dos atrasos está sendo bem essa, de 3 a 4 anos. Foi criado um blog, com o nome do primeiro condomínio a ter um grande atraso, mas representa a todos. É o http://terranovaenganados.blogspot.com.br/
    Se puder publicar no teu blog, te agradeço muito.
    Beijos Bruna, toda sorte do mundo pra ti!

  12. 27.maio.2013

    Tambem sou uma vitima dessas construtoras que prometem prazos que nunca se cumprem….
    Adquiri uma casa em condominio fechado em alvorada – RS em abril/2012 com entrega prevista para abril/2013…Mas na hora da entrega passaram a data para outro /2015 e sabe-se que talvez demore mais …Somos em torno de 2000 compradores engados por essa construtora com atrasas superiores a 2 anos ….eles ate entregam mas depois de fazer vc sofrer muito….

    estou adorando as dicas do blog…muito bom …

  13. 02.junho.2013

    Olá, Bruna!
    Desconfio que seremos vizinhas, pela planta que você postou.
    Minha torre deveria ter ficado pronta em set/2012 e fomos chamados para pegar as chaves 1 dia antes de completar os seis meses previstos como carencia no contrato, dia 26/04/13.
    Ao chegarmos lá, um defeito indicado em novembro/12, na pré-vistoria,não foi sanado, recusamos receber e só conseguimos pegar as chaves no dia 22/05/13.Foi dureza!
    E o pior de tudo, foi que tivermos que arrumas R$20.000,00 de um sábado a tarde para terça, no dia de assinar contrato com a Caixa, pois nossa documentação ficou retida na documentista e os juros e multas do montante da dívida crescendo, e esse valor acabou passando do valor que o banco financiaria.
    Foi triste, desesperador e revoltante, ter todas as dívidas como IPTU, condominio(ambos desde janeiro/13) e prestação mensal e nada das chaves.

  14. Anonymous
    16.julho.2013

    Olá Bruna, eu estou com o mesmo problema, só que estou com receio de entrar com uma ação judicial, já que o prazo (com os 180 dias de prorrogação) já estourou em dezembro/2012. Algumas pessoas dizem que se eu entrar com a ação só posso receber as chaves do apartamento quando for encerrado o processo judicial, você sabe dizer se isso confere?